Nasa divulga fotos de alinhamento entre Marte, Sol e a Terra

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/fotos/nasa-divulga-fotos-de-alinhamento-entre-marte-sol-e-a-terra-09042014#!/foto/1

Fenômeno acontece a cada 26 meses e deixará o planeta vermelho mais perto do nossoNessa terça-feira (8) astrônomos puderam observar a oposição de Marte, um evento que ocorre uma vez a cada 26 meses

Nessa terça-feira (8) astrônomos puderam observar a oposição de Marte, um evento que ocorre uma vez a cada 26 meses

Foto: Divulgação

.
Curiosidades na internet

Nasa divulga imagens que vão fazer você amar o Universo

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/fotos/nasa-divulga-imagens-que-vao-fazer-voce-amar-o-universo-12032014#!/foto/1

De erupções solares a estrelas mortas… Prepare-se para ver 30 imagens surpreendentes do espaço!

A Nebulosa Crab foi formada após a explosão de uma estrela supernova que ocorreu em 1054, segundo cientistas chineses

Nebulosa Crab foi formada após a explosão de uma estrela supernova que ocorreu em 1054, segundo cientistas chineses

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Índia coloca em órbita primeiro satélite próprio de ‘GPS’

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/07/1304841-india-coloca-em-orbita-primeiro-satelite-proprio-de-gps.shtml

A Índia lançou o primeiro satélite de um sistema de navegação próprio semelhante ao GPS (Sistema de Posicionamento Global) dos Estados Unidos, que entrará em funcionamento em 2015, informou nesta terça-feira (2) a agência espacial indiana.

O foguete decolou ontem à noite às 23h41 locais (15h11 de Brasília) em Sriharikota, uma base situada em uma região litorânea do sul do país, disse a ISRO (Organização Indiana de Pesquisa Espacial) em comunicado em seu site.

“A Índia entrou em uma nova era das aplicações espaciais”, afirmou o presidente da ISRO, K. Radhakrishnan, à agência local “Ians”.

Trata-se do primeiro de sete satélites que formarão o IRNSS (Sistema de Navegação por Satélite Regional da Índia), e que o país lançará a cada seis meses até 2015.

“Assim que o sistema estiver em funcionamento, a Índia não vai mais depender de outros países”, assegurou Radhakrishnan após o lançamento do satélite, que tem uma vida útil de 10 anos e ficará em orbita a uma distância de cerca de 36 mil quilômetros da Terra.

O IRNSS desempenhará funções civis e militares, e seu custo aproximado é de US$ 230 milhões.

Curiosidades na internet

Com isso, a Índia entra para o seleto grupo de países que dispõem de um sistema de navegação por satélite, como Estados Unidos (GPS) e Rússia (GLONASS), enquanto a China e a União Europeia estão desenvolvendo também seus próprios sistemas.

A Índia, que já realizou mais de 100 missões espaciais até o momento, lançou em 2008 sua primeira sonda lunar, prepara uma missão espacial para Marte este ano e tem planos de lançar em 2016 sua primeira missão espacial tripulada.

Curiosidades na internet

Galileu: aprenda ciência com aplicativos e jogos

Acesse:http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2013/04/galileu-aprenda-ciencia-com-aplicativos-e-jogos.html

A Galileu é a revista ideal para quem curte ficar por dentro do universo da ciência, da tecnologia e dos fatos mais curiosos da história da humanidade. Para quem quer aprofundar ainda mais o conhecimentos nestas áreas, o TechTudo preparou uma lista de aplicativos que permitem analisar o espaço, ver o corpo humano por dentro, testar seu nível de inteligência e muito mais.

Galileu Mobile

Galileu Mobile (Foto: Divulgação)Galileu Mobile (Foto: Divulgação)

A própria Galileu tem um aplicativo para Android e iOS que permite que seus leitores não percam nenhuma notícia, independente de onde estivere,. Com ele, o usuário pode acessar o conteúdo do site da revista diretamente do celular e se manter sempre bem informado sobre as últimas pesquisas e descobertas científicas, curiosidades históricas, acerca das novidades tecnológicas etc. Tudo isso na palma da mão.

Google Sky

O Google Sky é uma ferramenta desenvolvida pela Gigante de Buscas que permite explorar o universo. Perfeito para os fãs de astronomia, ele foi desenvolvido por astrônomos e conta com imagens dos maiores observatórios do mundo, como os da Nasa.

Google Sky (Foto: Divulgação)Google Sky (Foto: Divulgação)

Com ele, o usuário consegue saber a posição de estrelas e planetas e – acredite – visualizar o nascimento de galáxias distantes. Tudo isso é permitido graças a bons recursos, como uma boa ferramenta de zoom, visão infra-vermelha – que permite alterar a transparência das imagens -, entre outras. Google Sky está disponível para online e tem um aplicativo para Android.

Visible Body

Enquanto uns curtem observar a imensidão do universo, outros amam mesmo é saber o que saber o que se passa dentro das estruturas minúsculas que existem dentro do corpo humano. Com o programa Visible Body, disponível para Windows e Mac OS X, é possível explorar os complexos sistemas do corpo, como o circulatório, e entender melhor sobre eles.

Visible Body (Foto: Divulgação)Visible Body (Foto: Divulgação)

Desenvolvido por especialistas em Anatomia e Fisiologia, a aplicação permite visualizar mais de 1700 estruturas anatômicas criadas em três dimensões.

Músculos Anatomia

O app Músculos Anatomia é outra opção para aqueles curiosos sobre o funcionamento do nosso corpo. Desenvolvido para Android, o sofware traz diversas imagens em 3D com detalhes sobre o sistema muscular. É possível dar zoom, rodar a figura e verificar tudo para não perder nenhum detalhe.

I.Q – Test

E quem não tem curiosidade de saber o quão inteligente é? No I.Q – Test, app disponível para iOS, o usuário deve realizar algumas atividades, como problemas de lógica, respondendo no menor tempo possível.

IQ Test (Foto: Divulgação)IQ Test (Foto: Divulgação)

No final do batalhão de perguntas, o programas indica o seu Coeficiente de Inteligência, o famoso Q.I.. O mais legal é que o aplicativo compara o resultado da pessoa testada com o de cérebros famosos, como Bill Gates e Isaac Newton.

Quem saber você não é o próximo Einstein?

Optical Ilusion

E se tem algo que embaralha o nosso cérebro, são as ilusões de ótica. O programa Optical Illusions traz quase cem imagens que dão vertigem, causadas pela percepção diferente da realidade de um determinado objeto.

Optical Illusions (Foto: Divulgação)Optical Illusions (Foto: Divulgação)

Com ele, você pode desafiar amigos a tentar desvendar o que causa a ilusão. Depois, é pegar uma cola com o programa, explicar para eles como acontece e ainda ganhar a fama de inteligente do grupo. A brincadeira está disponível para usuário de aparelhos com iOS

Curiosidades na internet

Astrônomos descobrem planeta de diamante duas vezes maior do que a Terra

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/astronomos-descobrem-planeta-de-diamante-duas-vezes-maior-do-que-a-terra-20121011.html

O recém-descoberto 55 Cancri tem raio duas vezes maior que o do nosso planeta

DiamanteNASA

Desenho criado pela Nasa ilustra como é o planeta de diamante, envolto por uma atmosfera laranja e quente, e a estrela em sua órbita

Astrônomos descobriram um planeta duas vezes maior do que a Terra, composto na maior parte de diamante, orbitando uma estrela que é visível a olho nu.

O planeta rochoso, chamado “55 Cancri e”, orbita uma estrela como o sol a 40 anos-luz de distância na constelação de Câncer, movimentando-se tão rápido que um ano lá dura apenas 18 horas.

Descoberto por uma equipe de pesquisa franco-americana, o planeta tem raio duas vezes maior que o da Terra, mas é muito mais denso, com uma massa oito vezes maior. Também é incrivelmente quente, com temperaturas em sua superfície atingindo 1.648 graus Celsius.

Nikku Madhusudhan, pesquisador de Yale, cujas conclusões deverão ser publicadas no Letters Astrophysical Journal, disse à imprensa:

— A superfície deste planeta é provavelmente coberta de grafite e diamante em vez de água e granito.

O estudo, feito com Olivier Mousis do Institut de Recherche en Astrophysique et Planetologie em Toulose, na França, estima que pelo menos um terço da massa do planeta, o equivalente a cerca de três massas terrestres, poderia ser de diamante.

Planetas-diamante já foram vistos antes, mas esta é a primeira vez que um foi localizado orbitando em torno de uma estrela parecida com o Sol e estudado em tantos detalhes.

— Este é o nosso primeiro vislumbre de um mundo rochoso, com uma química fundamentalmente diferente da Terra.

Madhusudhan acrescentou que a descoberta do planeta rico em carbono significa que não se pode mais acreditar que planetas rochosos mais distantes teriam componentes químicos, interiores, ambientes ou biologia semelhantes à Terra.

O astrônomo David Spergel, da Universidade de Princeton, disse que é relativamente fácil desenvolver a estrutura básica e histórica de uma estrela, uma vez que se descobre sua massa e idade.

— Os planetas são muito mais complexos. Esta “super-Terra cheia de diamantes” é provavelmente apenas um exemplo dos ricos conjuntos de descobertas que nos esperam, à medida que começamos a explorar planetas em torno de estrelas próximas.

Curiosidades na internet

Balão tecnológico levará passageiros ao espaço

Acesse:http://exame.abril.com.br/tecnologia/ciencia/noticias/balao-tecnologico-levara-passageiros-ao-espaco

Empresa Zero2Infinity já começou a vender passagens para lançamentos que estão previstos para acontecer em 2013

Bloon, balão para viagens espaciais

São Paulo – A empresa Zero2Infinity começou a vender passagens para turistas que quiserem passear na estratosfera a bordo de um balão altamente tecnológico. O inflável pode chegar a 36 mil metros de altura.

O primeiro lançamento está previsto para acontecer em 2013. Os interessados na viagem devem estar dispostos a desembolsar R$ 254 mil por uma viagem com duas horas de duração.

A empresa programou os lançamentos para acontecerem durante a noite. Assim, a Zero2Infinity acredita que os tripulantes poderão aproveitar o bonito cenário do nascer do Sol de fora da Terra.

Bloon, o balão, é inflado com gás Hélio. Ele puxa uma pequena cabine com grandes áreas envidraçadas. Ela é capaz de suportar até quatro passageiros, além de dois pilotos treinados para guiar os turistas durante a aventura.

Na ligação entre o balão e a cabine do Bloon ficam dispositivos de comunicação e localização, além de um sistema de pouso de emergência. Há também um compartimento que leva um grande paraquedas capaz de trazer os passageiros em segurança ao solo.

Para os mais aventureiros, a Zero2Infinity oferece a opção de experimentar uma queda livre por 25 segundos. Caso queira, o passageiro também pode percorrer a distância em uma velocidade mais baixa para aproveitar a paisagem.

O projeto começou a ser desenvolvido em 2009. O balão já foi lançado experimentalmente duas vezes com bonecos a bordo. Porém, ele ainda está em fase de testes. A maior altura alcançada pelo inflável até agora foi de 32,9 mil metros.

Curiosidades na internet

8 fatos curiosos sobre o espaço

Acesse:http://www.tecmundo.com.br/curiosidade/17250-8-fatos-curiosos-sobre-o-espaco.htm

Enviado por J A C A N I E L L O

Conheça alguns mistérios do Universo ainda sem explicações ou pouco compreendidos.

O Universo é um lugar repleto de fenômenos intrigantes e, muitas vezes, estranhos. Ondas gravitacionais, antimatéria, partículas subatômicas, matéria e energia que não podem ser vistas ou medidas. Confira abaixo uma lista com alguns fatos e fenômenos curiosos que intrigam a comunidade científica e impressionam os mais leigos.

Neutrinos

As partículas subatômicas conhecidas como neutrinos são famosas por suas características extremas. Esse elemento é extremamente leve (massa próxima a zero), tem carga elétrica nula, existe em abundância no Universo e sua interação com a matéria é fraca. Um neutrino é capaz de atravessar anos-luz de qualquer componente sem interagir com um só átomo.

Os neutrinos são produzidos pelas reações nucleares que acontecem no interior de estrelas e também por supernovas. Boa parte das partículas desse tipo que atravessam a Terra é produzida pelo Sol. Alguns estudos afirmam que os neutrinos podem chegar a velocidades superiores à da luz, mas a CERN afirma que ainda há muito que se estudar para que as informações a respeito dos neutrinos possam ser expostas com certeza.

Quasares

As fontes de rádio quase-estelares, mais conhecidas como Quasares (quasi-stellar radio sources), estão entre os objetos mais estranhos vistos no Universo. Confundidos com estrelas no princípio, os quasares são os maiores emissores de energia do espaço. Um único elemento desse tipo é capaz de emitir até 1.000 vezes mais luz do que uma galáxia inteira.

Galáxia espiral NGC 4319 e o quasar Markarian 205 
(Fonte da imagem: NASA/ESA and The Hubble Heritage Team (STScI/AURA))

Os quasares são, em aparência, bem semelhantes às estrelas, mas as estruturas dos dois objetos são completamente diferentes. Um aspecto interessante nos quasares é que eles liberam imensos jatos de partículas radioativas. Estudos mostram que esses objetos se formaram em um período recente, considerando toda a história do Universo. O quasar mais brilhante é o 3C 273, distante cerca de 2 bilhões de anos-luz da Terra.

Antimatéria

Se você pensa que antimatéria é o oposto da matéria, acertou! A primeira evidência mais concreta da existência da antimatéria surgiu em 1932 com a descoberta dos pósitrons (elétrons com carga positiva) feita por Carl Anderson. Depois, foi a vez dos antiprótons (prótons com carga negativa) serem encontrados e, com isso, surgir o antiátomo (contrário do átomo).

Quando matéria e antimatéria entram em contato, elas são totalmente aniquiladas. O resultado desse encontro explosivo é a emissão de radiação pura e outras partículas subatômicas. Toda a massa dos objetos envolvidos na explosão é convertida em um tipo de energia extremamente poderoso.

Por isso, a ideia da propulsão antimatéria parece ser tão boa, pois precisaria de uma quantidade ínfima de material para gerar uma quantidade enorme de energia. O problema é que, enquanto a matéria existe em abundância no Universo, a antimatéria é bem escassa. Embora exista tecnologia para se criar antiátomos, naves que utilizam antimatéria como combustível ainda são apenas ficção.

RCF

A radiação cósmica de fundo (RCF) é uma das evidências mais fortes da teoria do Big Bang, pois ela prova que o Universo, no passado, era muito mais denso e quente do que é atualmente. Trata-se de uma radiação eletromagnética que preenche todo o espaço, com espectro de um corpo negro e temperatura de 2,7 K.

A ideia do Big Bang é que o Universo inicial era composto por um plasma (fótons, elétrons e bárions) quente, que se expandiu e os fótons passaram a esfriar desde então, chegando aos 2,7 K medidos na radiação cósmica de fundo.

A temperatura dos fótons continuará a diminuir enquanto o espaço estiver expandido. Por isso, a RCF ajuda a provar que a teoria do Big Bang é verdadeira. Arno Penzias e Robert Woodrow Wilson foram os descobridores da RCF, em 1965, e ganharam o Nobel de Física alguns anos depois por esse achado.

 (Fonte da imagem: Wikimedia Commons)

Energia escura

Novos estudos e observações apontam que a maior parte do Universo não é composta de matéria ordinária ou matéria escura, como se pensava, mas sim de uma forma de energia não luminosa, a qual foi batizada de energia escura. Cerca de 70% do espaço é constituído por energia escura.

Não confunda matéria escura com energia escura. Ao passo que a matéria escura é uma força gravitacional que tende a tornar a expansão do Universo mais lenta, a energia escura é repulsiva, acelerando o processo de “dilatação”. Dessa forma, essa energia pode determinar o destino do Universo, fazendo com que ele expanda de forma acelerada ou regrida, entrando em colapso.

Matéria escura

A matéria escura é uma forma de matéria que não pode ser vista nem detectada diretamente com as tecnologias atuais. A única forma de detectar a presença da matéria escura é por meio dos efeitos gravitacionais que ela exerce sobre elementos como estrelas e galáxias. Cerca de 25% do Universo é constituído por matéria escura.

Ondas de gravidade

As ondas de gravidade são distorções no espaço-tempo, previstas pela teoria da relatividade geral de Albert Einstein. Embora sejam extremamente rápidas, as ondas gravitacionais dificilmente são detectadas pelos cientistas, pois são muito fracas. Apenas ondas criadas por eventos gigantescos (fusão de buracos negros, por exemplo) é que podem ser percebidas pelos detectores LIGO e LISA.

Colisão de galáxias

A colisão de galáxias é um fenômeno relativamente comum no Universo e envolve uma quantidade extraordinária de matéria e tempo, pois os elementos envolvidos se movimentam lentamente. O resultado dessa colisão é uma única galáxia, em vez de duas. Quando um dos objetos é muito maior do que o outro, o fenômeno é chamado de “canibalismo galáctico”, pois o astro menor é engolido.

Andrômeda, a galáxia vizinha à Via Láctea, não é tão grande por acaso. Seu tamanho teria sido conquistado graças à massa de objetos vizinhos do mesmo gênero, que foram engolidos ao longo dos últimos bilhões de anos. Estudos indicam que, com o passar de alguns bilhões de anos, nossa galáxia vai colidir com Andrômeda.

O vácuo

De maneira bem simples e direta, pode-se dizer que o vácuo é o nada. Na verdade, o vácuo é a ausência de matéria de qualquer gênero. Respirar no espaço sem um traje espacial é praticamente impossível justamente pela falta de átomos de oxigênio ou outros gases. O vácuo perfeito não é possível na natureza, embora existam algumas situações que cheguem bem próximas, como o meio interestelar.

Da massa total do Universo,(vírgula) cerca de 98% são compostos pelo vácuo, ou seja, é muita “coisa alguma” em meio às estrelas, planetas, galáxias e outros objetos encontrados no espaço. O vácuo também está muito presente na indústria de produtos alimentícios, pois ajuda a conservar os alimentos por mais tempo enquanto a embalagem estiver lacrada.

Curiosidades na internet