Ônibus da cidade de São Paulo vão oferecer internet grátis no próximo ano

Acesse:http://www.techmestre.com/onibus-da-cidade-de-sao-paulo-vao-oferecer-internet-gratis-no-proximo-ano.html

Expectativa é de que antes da Copa 2014 os coletivos passem a disponibilizar aos passageiros acesso ao 4G.

A Prefeitura de São Paulo anunciou que os ônibus da cidade passarão a oferecer internet banda larga no próximo ano. A tecnologia será a 4G, a mesma exigida pela Fifa para as cidades-sede da Copa do Mundo.

Segundo Jilmar Tatto, secretário municipal dos Transportes, o órgão já está em busca de uma empresa para começar a testar o serviço. A intenção é iniciar o projeto-piloto ainda este mês.

“A ideia é fazer na frota inteira e pôr 4G, que veio para ficar na cidade.” Hoje, a frota paulistana conta com aproximadamente 14,9 mil coletivos, os quais transportam 9,8 milhões de passageiros por dia.

Curiosidades na internet

Claro estreia rede 4G na cidade de São Paulo, e Oi lança serviço no Rio

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/claro/Claro-estreia-rede-4G-na-cidade-de-Sao-Paulo/

4g

A Claro anunciou hoje (25) a estreia dos planos de internet móvel da quarta geração (4G) na cidade de São Paulo, sendo a primeira operadora a disponibilizar o serviço na capital paulista. Além de São Paulo, a empresa também lançou sua rede 4G em outras 11 cidades na semana passada: Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Fortaleza, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Campos do Jordão (SP), Parati (RJ) e Búzios (RJ).

A chegada do 4G em São Paulo é muito importante para os negócios da Claro, já que a região possui grande potencial financeiro. Para ter uma ideia, a cidade é a segunda maior receita em serviços da empresa no país – só o DDD11 detém 40% do total de clientes da tele.

Os planos 4GMax, como foram intitulados pela empresa, estão disponíveis a partir de hoje (25) em todas as lojas da Claro na cidade. Os pacotes começam com uma cota de 2GB de transferência de dados para smartphones, ou 5GB para smartphones e modems. O Nokia Lumia 820 no Plano Ilimitado 600 4G custa R$ 399, enquanto o Motorola RAZR HD sai de graça no mesmo plano. Já o Samsung Galaxy S III com suporte para 4G custa R$ 949 no plano. O modem Huawei E392 no Plano Claro Internet 5GB pode ser adquirido por R$ 199. A Vivo também anunciou que passará a oferecer seus planos de internet 4G na cidade de São Paulo a partir do dia 30 de abril.

Enquanto isso, no Rio de Janeiro…

A Oi estreou hoje (25) seus planos de internet móvel 4G na cidade do Rio de Janeiro e, com a novidade, os clientes poderão contratar os novos planos em lojas oficiais e franqueadas da operadora. A companhia também anunciou que sua rede 4G deve chegar à cidade de São Paulo somente em dezembro deste ano.

A operadora fez uma promoção de lançamento com um plano 4G para clientes pós-pagos. Com até 5G, os clientes poderão pagar R$ 98 ao mês e ainda ter desconto de R$ 300 na compra de qualquer outro aparelho. A Oi também apresentou planos 4G para notebooks e tablets com 10GB por R$ 188 mensais e, neste caso, o modem custa R$ 100 e o chip compatível com a rede sai de graça.

Até a primeira quinzena de maio, a Oi afirmou que outras cidades que sediarão os jogos da Copa das Confederações 2013, que acontece em junho, como Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife e Fortaleza terão ofertas especiais para o 4G e para a compra de novos aparelhos.

Curiosidades na internet

4G de smartphones importados funciona no Brasil? Entenda

Acesse:http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2013/04/4g-de-smartphones-importados-funciona-no-brasil-entenda.html

Comprar um smartphone no exterior pode representar uma vantagem tanto por aspectos financeiros quanto por tecnológicos. Atualmente, por exemplo, a maioria dos celulares adquiridos fora já vem embarcados com a tecnologia 4G. Diante deste fato, a seguinte dúvida paira no ar: aparelhos importados acessarão a rede 4G do Brasil? Para te ajudar, o TechTudo responde a questão, analisando a situação atual da tecnologia no país.

4g lteTecnologia 4G já está presente em diversos modelos
estrangeiros (Foto: Reprodução)

Criada para aprimorar o trafego de dados da banda larga móvel, proporcionando maior velocidade e estabilidade, a tecnologia 4G, também conhecida como LTE (Long Term Evolution), pode alcançar velocidades de conexão que giram em torno de 100 Mbps. Ou seja, muito superior aos padrões adotados atualmente no Brasil.

Porém, para que a tecnologia 4G seja viável, ela deve operar em uma determinada faixa de frequência reservada para ela. Assim, um fato importante deve ser levado em consideração: a frequência adotada pode variar de um país para outro. Segundo o Portal da Copa – site do governo federal brasileiro sobre a Copa do Mundo de 2014 -, o Brasil licitou em junho de 2012 a faixa de 2,5 Ghz para o 4G. Alguns países da Europa e Ásia operam no mesmo espectro, mas os Estados Unidos e o Canadá, por exemplo, utilizam a faixa dos 700 MHz.

Assim, um aparelho comprado na América do Norte tem grandes chances de não funcionar no 4G brasileiro, enquanto aqueles adquiridos na Europa podem ser compatíveis. O mais importante é conferir antes da compra a faixa em que a conexão atua: se for entre 2,5 e 2,6 Ghz, ele estará liberado para uso no país. Em outras frequencias, por enquanto, o 4G ficará inoperante, e o 3G será a única opção disponível para o aparelho – já que esta banda é compatível com as frequencias estrangeiras.

O motivo que levou o governo brasileiro a optar por uma frequência incompatível com a de muitos outros países se deve ao fato da faixa de 700 MHz já se encontrar ocupada por emissoras de televisão analógicas. Ou seja, para que o 4G brasileiro possa operar na mesma faixa adotada em outros países, o processo de digitalização do sinal de televisão deverá ser totalmente concluído.

Curiosidades na internet

Claro lança 4G em 11 cidades brasileiras com velocidade de até 60 Mbps

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/4g/Claro-lanca-4G-em-11-cidades-brasileiras-com-velocidade-de-ate-60-Mbps/

Nesta terça-feira (16), as cidades-sede dos jogos da Copa das Confederações receberam o serviço da tecnologia 4G Max da Claro. De acordo com a operadora, além de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Rio de Janeiro e Salvador, clientes das cidades de Porto Alegre, Recife, Curitiba, Campos do Jordão, Paraty e Búzios também poderão contratar o serviço.

Entre as opções oferecidas pela operadora estão pacotes de 20 Mbps a 60 Mbps, disponíveis de acordo com a região. Um pacote do 4G Max com 100 minutos de voz e 5 GB de dados, por exemplo, sai por R$ 207, enquanto os pacotes dos modems custam a partir de R$ 79 (2 GB) até R$ 199 (10 GB).

O investimento da empresa para instalação da rede de quarta geração nas onze cidades listadas já atingiu a marca de R$ 510 milhões, mas deve ultrapassar os R$ 6 bilhões até a Copa do Mundo com a ampliação do sistema. O 4G da Claro opera na frequência de 40Mhz e a empresa possui nove aparelhos habilitados para a rede, entre eles modelos da LG, Motorola, Nokia, Samsung e Sony.

Curiosidades na internet

Fim da TV analógica é adiado para 2018

Acesse:http://www.baboo.com.br/2013/04/fim-da-tv-analogica-e-adiado-para-2018/

O fim da TV analógica, que era para acontecer em 2016, foi adiado pelo Ministério das Comunicações. Agora, o ano o qual o serviço será oficialmente encerrado será em 2018. Esta mudança vai alterar o decreto que regulamenta a implantação da TV digital no Brasil.

Fim da TV analógica é adiado para 2018

Fim da TV analógica é adiado

Anteriormente, a implementação da TV digital e o encerramento da TV analógica ocorreria no mesmo ano. No início de 2013, o governo havia decidido antecipar o início das ações em um ano. No entanto, agora a informação é de que novamente os planos mudaram, e o processo seria concluído até 2018.

“Precisamos estimular que as pessoas comprem televisão digital, conversor digital. É evidente que nós não podemos desligar o analógico com as pessoas recebendo o sinal antigo, não vai dar certo”, disse o ministro das comunicações, Paulo Bernardo.

TV e internet

A rede 4G, que oferece velocidade superior à 3G, deve chegar ao país até 2015. E a internet ocupará a faixa de 700 MHz, que é hoje utilizada por rádios. E a implementação será realizada aos poucos, assim como o fim da TV analógica.

De acordo com Ministério das Comunicações e a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a população de baixa renda deve receber benefícios durante o início da implementação, para que possam adquirir aparelhos digitais

Curiosidades na internet

Ministro Paulo Bernardo garante que internet 4G estará disponível até o fim do mês

Acesse:http://www.oficinadanet.com.br/post/10339-ministro-paulo-bernardo-garante-que-internet-4g-estara-disponivel-ate-o-fim-do-mes

Nesta quinta-feira (4), o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que a rede de internet móvel 4G estará disponível até o final de abril para as cidades-sede da Copa das Confederações

Ministro Paulo Bernardo garante que internet 4G estará disponível até o fim do mês
 

Nesta quinta-feira (4), o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que a rede de internet móvel 4G estará disponível até o final de abril para as cidades-sede da Copa das Confederações, ou seja, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Salvador, Recife e Rio de Janeiro.

“Nós não temos dúvida de que o prazo vai ser cumprido, talvez não com a cobertura total”, disse o ministro em relação a data de entrega da internet 4G no país.

O ministro ainda disse que o governo irá dar condições para que as empresas de telefonia consigam prestar o serviço. De acordo ainda com Paulo Bernardo, um dos grandes desafios da implantação da tecnologia é a instalação das antenas. “Os usuários querem o serviço, mas não querem as antenas”, disse.

“Algumas antenas nos estados têm que ser menores, como caixas de sapato. Em Brasília já tem. Isso é solução porque de fato a pessoa não quer abrir a janela e ver uma tonelada de fios pendurados na sua janela”, afirmou.

Além disso, Paulo Bernardo falou sobre o fim do sinal da TV analógica. O sinal será desligado no dia 30 de junho de 2016.

“Em 30 de junho de 2016 será desligado o sinal da TV analógica no Brasil. Temos que garantir que todos tenham o aparelho digital”, afirmou Bernardo no programa “Bom dia, ministro” transmitido pela TV estatal NBR.

Curiosidades na internet

Vivo e Claro compartilharão infraesturura para redes 3G e 4G

Acesse: http://tecnoblog.net/126195/vivo-claro-compartilhamento-rede/

Um dos maiores desejos do Ministro das Comunicações Paulo Bernardo está se realizando: o compartilhamento de redes. Nesta semana, TIM e Oi confirmaram que irão usufruir da mesma infraestrutura, e agora Claro e Vivo anunciaram que também irão dividir suas redes.

O contrato firmado entre Claro e Vivo durará um período de três anos. As operadoras dividirão suas atuais redes, de forma que cada uma se propõe a fazer os investimentos necessários para a manutenção e operação das redes. No entanto, não haverá compartilhamento de espectro: o acordo firma que as operadoras dividirão apenas o chamado backhaul, que a grosso modo seria a rede de transporte de dados (seja fibra óptica, satélite ou outro tipo de conexão).

Antena da Vivo em SP

Antena da Vivo em SP

Isso siginifica que, apesar do compartilhamento ser real, cada operadora será responsável pela manutenção de suas próprias antenas e estações rádio-base, de forma que haverão duas redes diferentes que só se encontram no link de escoamento. Cada operadora deverá comprar seus próprios equipamentos de seus respectivos fornecedores, que serão administrados por cada operadora. No final das contas, serão dois serviços completamente diferentes.

Esse fenômeno é deveras importante na corrida contra o tempo para instalar o 4G nas cidades-sede da Copa das Confederações. Essa novidade não beneficiará apenas as redes de quarta geração, tendo em vista que o acordo também contempla a expansão da tecnologia 3G. Além disso, o compartilhamento da infraestrutura será importantíssimo nas cidades que possuem antenas em situação irregular, uma vez que diversas antenas deverão ser desativadas.

Medidas como essa permitem que as coberturas das operadoras cresçam no país com maior facilidade. Que as operadoras criem novos acordos assim, já que quem se beneficia no final das contas é o consumidor.

Curiosidades na internet