China projeta o carro voador e o apresenta na Feira de Automóveis de Pequim [Vídeo]

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/china-projeta-o-carro-voador-e-o-apresenta-na-feira-de-automoveis-de-pequim-video

Carro voador da Volkswagen | Notícias | The History Channel
A Volkswagen da China acaba de bater um marco no People’s Car Project,  projeto que tem como objetivo conhecer a fundo as ambições do maior mercado automobilístico do planeta. Trata-se do Hover Car, resultado de um conceito surgido entre as mais de 120 mil propostas enviadas para o PCP.
O protótipo desenvolvido pela fábrica alemã contempla um design de forma achatada, confeccionado em fibra de carbono, que flutua no ar e desliza por trilhos magnéticos. Além disso, o Hover conta apenas com uma marcha.
O modelo futurista é equipado com um avançado sistema de prevenção de colisões, que avalia constantemente o fluxo do trânsito, tanto de outros veículos, como o de pedestres. Sozinho, ativa os freios de emergência, reduz a velocidade e faz manobras. Tudo isso sem a necessidade de intervenção do motorista.
O carro encantou o público ao ser apresentado na última Feira do Automóvel de Pequim. Ao que parece, o futuro de carros deslizando nas metrópoles pelo ar já chegou. Pelo menos, na China.

Assista ao vídeo, e surpreenda-se

Curiosidades na internet

Nasa tentará ‘fabricar’ água e ar na Lua

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/40165/40165

(Foto: Reprodução)
 inShare8

A Nasa pretende lançar um robô à Lua para criar água e oxigênio com elementos presentes no satélite natural da Terra. O projeto está previsto para 2018, quando a missão RESOLVE pousará por lá.

A máquina coletará punhados de terra lunar e os aquecerá a tal ponto que hidrogênio, oxigênio e vapor de água sejam expelidos. Os dois componentes, então, podem ser combinados para a formação da água, conforme explicado pela Wired.

De acordo com a revista, um experimento assim também será feito em Marte, mas só em 2020. Lá o robô extrairá dióxido de carbono, filtrando o pó para depois processar o CO2 em oxigênio.

Será a primeira vez que se tenta converter lugares fora da Terra em habitáveis sem a ajuda de equipamento especializado. Se der certo, missões futuras poderão tentar industrializar o método para, quem sabe, um dia os humanos possam morar fora de seu próprio planeta.

Curiosidades na internet

Cientistas criam bactéria que come o CO2 do ar

Acesse:http://super.abril.com.br/ciencia/cientistas-criam-bacteria-come-co2-ar-748325.shtml?utm_source=redesabril_jovem&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_super

Micro-organismo criado em laboratório pode frear o aquecimento global – ou mergulhar a humanidade numa era glacial

Fulvio314 / Creative Commons 3.0

Ironicamente, a solução para o aquecimento global pode estar numa criatura que adora calor: a bactériaPyrococcus furiosus, que vive dentro de vulcões submarinos onde a temperatura chega a 100 graus. Numa experiência feita pela Universidade da Geórgia, nos EUA, esse micróbio recebeu cinco genes de outra bactéria subaquática, a Metallosphaera sedula. E dessa mistura saiu uma criatura capaz de algo muito útil: alimentar-se de CO2.

Exatamente como as plantas (que absorvem luz e CO2), mas com uma vantagem: a bactéria é mais eficiente, ou seja, se multiplica mais rápido e absorve mais CO2 do ar. “Agora podemos retirar o gás diretamente da atmosfera, sem ter de esperar as plantas crescerem”, diz o bioquímico Michael Adams, autor do estudo. Seria possível criar usinas de absorção de CO2, que cultivariam o micróbio em grande escala, para frear o aquecimento global. Depois de comer o gás, ele excreta ácido 3-hidroxipropiônico – que serve para fazer acrílico e é um dos compostos mais usados na indústria química.

Se a bactéria transgênica escapar e se reproduzir de forma descontrolada, poderia consumir CO2 em excesso e esfriar demais a atmosfera. Existe um mecanismo de segurança natural contra isso: ela só consegue comer o gás se a temperatura for de 70 graus (que seria mantida artificialmente nas usinas). Mas sempre existe a possibilidade de que a bactéria sofra uma mutação, supere esse bloqueio – e mergulhe a Terra numa nova era glacial. Talvez seja melhor deixar as plantas cuidando do CO2.

Curiosidades na internet

Blog de Tec: Carro feito com 500 mil peças de Lego é movido a ar e chega a mais de 30km/h

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/12/1387427-blog-de-tec-carro-feito-com-500-mil-pecas-de-lego-e-movido-a-ar-e-chega-a-mais-de-30kmh.shtml

O australiano Steve Sammartino e o romeno Raul Oaida construíram um carro funcional feito com mais de 500 mil peças de Lego. Com exceção das rodas e de algumas outras peças, o veículo todo é feito com os tijolinhos coloridos da … Leia post completo no blog

 

Curiosidades na internet

Carro movido a ar deve começar a ser vendido em 2016

Acesse:http://www.baboo.com.br/ciencia-e-espaco/carro-movido-ar-deve-comecar-ser-vendido-em-2016/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=carro-movido-ar-deve-comecar-ser-vendido-em-2016

Sustentabilidade é a palavra do momento. Com o avanço da tecnologia, práticas que ajudem o meio ambiente vêm sendo aplicadas nos mais diversos lugares – como nos automóveis. A nova invenção do setor automotivo é o Hybrid Air, um carro movido a ar que foi lançado na edição de 2013 do Salão Internacional do Automóvel de Genebra, na Suíça.

Carro “movido a ar” deve começar a ser vendido em 2016

Carro movido a ar é econômico e emite gases menos poluentes

Fabricado pela PSA Peugeot Citroën, o veículo recebeu essa alcunha porque utiliza de um sistema que combina o motor de combustão com um aparelho que utiliza nitrogênio comprimido, composto por 78% de ar. Nesse sistema, a energia recuperada de desacelerações do veículo é usada para comprimir o nitrogênio em um cilindro. Assim, o gás fica sob alta pressão e com energia suficiente para mover o veículo.

Como o próprio nome sugere, o veículo é híbrido e também pode funcionar com gasolina. O combustível tradicional é recomendado para quem pretende pegar a estrada com o carro, já que nela a velocidade do veículo é mais constante e o aproveitamento da gasolina é maior. Outro fator que pesa contra o sistema “movido a ar” é que nele o carro atinge apenas 70 km/h.

Segundo a fabricante, a economia de combustível no Hybrid Air pode chegar a 45%. Dentro da cidade, o carro pode fazer até 34 km por litro. Além de mais econômico, a emissão de carbono CO2 diminui em cerca de um terço. A previsão é de que o carro comece a ser vendido na Europa em 2016.

Além do ar, Tório também pode substituir a gasolina

Outro elemento que pode substituir a gasolina nos tanques dos veículos é o Tório (Th). Um grama desta substância tem a mesma potência de 28 mil litros de gasolina. Com apenas 8g de Tório, um carro poderia ficar cem anos sem abastecer. Não há nenhum modelo pronto que utilize dessa substância, mas protótipos estão sendo testados nos EUA.

Curiosidades na internet

Seriado Star Trek vai ao ar pela primeira vez na TV

Acesse:http://hojenahistoria.seuhistory.com/seriado-star-trek-vai-ao-ar-pela-primeira-vez-na-tv

1966
 O primeiro episódio de Star Trek era exibido na TV norte-americana NBC, em um dia como esse, no ano de 1966. O seriado de ficção científica criado por Gene Roddenberry revela as aventuras da nave estelar USS Enterprise e sua tripulação pelo Universo.
.
A história de passa no meio da Via Láctea, aproximadamente nos anos de 2260. A tripulação conta com o comandante James T. Kirk (William Shatner), o primeiro oficial Spock (Leonard Nimoy), e o chefe médico Leonard McCoy (DeForest Kelley). Cada episódio começava com a seguinte introdução:
.
“Espaço: a fronteira final. Estas são as viagens da nave estelar Enterprise. Prosseguindo em sua missão de explorar novos mundos, procurar novas formas de vida e novas civilizações, para, audaciosamente, ir onde ninguém jamais esteve”.
.
As séries foram produzidas entre 1966 e 1967 pela Desilu Productions e pela Paramount Television, de 68 a 69. A série Star Trek foi veiculada pela NBC do dia 8 de setembro de 1966 até e de junho de 1969. Embora a produção tivesse iniciado na TV com o nome de Star Trek, mais tarde ela foi renomeada para Star Trek: A Série Original, para se diferenciar de suas sequências e do universo ficcional criado.
.
A audiência de Star Trek não atingiu os índices desejados pela NBC e sua produção foi cancelada após três temporadas e 79 episódios. No entanto, a série teve uma grande influência na cultura popular e se tornou um clássico “cult” durante os anos 1970. Mais tarde, Star Trek gerou uma franquia, formada por outras cinco séries de televisão, 12 filmes, inúmeros livros, jogos, brinquedos e outros produtos

Curiosidades na internet

Pesquisador da Intel prevê computadores com olhos e ouvidos cibernéticos em breve

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/05/1284180-pesquisador-da-intel-preve-computadores-com-olhos-e-ouvidos-em-breve.shtml

Os computadores em breve terão olhos e ouvidos e entenderão o que dissermos a eles, prevê o evangelista e futurólogo da Intel Steve Brown, em apresentação na conferênciaC2-MTL de 2013, em Montreal (Canadá), sobre o comércio e a inovação.

As luzes dos automóveis, equipadas com uma câmera e um chip de computador, dirigirão seus raios para evitar as gotas da chuva ou os flocos de neve, iluminando muito melhor o caminho, afirmou esta quarta-feira Brown, “evangelista em chefe” (nome oficial de seu cargo) da líder mundial em microprocessadores.

Este foi um dos muitos exemplos citados por Brown para desenvolver sua visão na conferência C2-MTL, que reúne desde a terça-feira (21) centenas de executivos de importantes empresas em Montreal.

Ao lado das mudanças por vir em nível informático nos próximos dez anos “os da década anterior parecerão mínimos”, disse.

Divulgação
O evangelista e futurólogo da Intel, Steve Brown, fala durante a conferência C2MTL, em Montreal (Canadá)
O evangelista e futurólogo da Intel, Steve Brown, fala durante a conferência C2MTL, em Montreal (Canadá)

Amante das novas tecnologias, nas quais se vê a “magia” da arquitetura de microprocessadores, Brown também mencionou uma asa de avião “pensante”, capaz de reagir às correntes de ar.

“Pensem no que isto será para o consumo de combustível…”, acrescentou Brown, cuja ocupação é dar a volta ao mundo a “pregar” para os funcionários da Intel sobre o futuro do mundo, da indústria e do meio ambiente, ao começar uma apresentação sobre as necessidades básicas dos seres humanos.

Segundo ele, os automóveis capazes de funcionar sem motorista serão desenvolvidos de três a cinco anos, mas não poderão ser imediatamente introduzidos imediatamente no mercado devido a diversos obstáculos, especialmente legais.

Os doentes em breve poderão engolir pílulas com computadores pequenos que passarão pelo seu corpo para ver de perto o que está acontecendo em seu organismo, disse.

“O mundo será melhor se o tornarmos mais inteligente”, concluiu Brown, defendendo a fusão “da cultura e da tecnologia”.

Curiosidades na internet