Nasa cria parte de motor de foguete com impressora 3D

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/nasa-cria-parte-de-motor-de-foguete-com-impressora-3

Impressoras 3D

A impressão tridimensional avança a cada dia e a Nasa, que já tinha investido em uma impressora de pizzas, decidiu usar a tecnologia em máquinas mais pesadas. A agência espacial norte-americana informou ter concluído testes envolvendo um motor de foguete.

O motor injetor do foguete foi inteiro feito por meio de uma impressora 3D.

Os testes foram realizados em parceria com a Aerojet Rocketdyne, em Cleaveland. A Nasa realizou uma série de disparos de oxigênio líquido e de hidrogênio gasoso na montagem do foguete para demonstrar que é possível fabricar componentes altamente críticos usando essa nova tecnologia.

A Aerojet projetou e fabricou o injetor com um método que utiliza feixes de laser de alta potência para derreter e fundir pós metálicos finos em estruturas tridimensionais. Ou seja, imprimiram em 3D usando materiais pesados.

Michael Gazarik, da Nasa, disse em nota que a agência pode, no futuro, usar a tecnologia para imprimir peças em 3D em missões no espaço, o que economizaria tempo e tornaria a tarefa mais fácil de ser executada.

Levaria mais de um ano para se produzir o injetor testado em Cleaveland, por exemplo, sendo que a impressora o fez em apenas quatro meses.

Curiosidades na internet

Activa-I: Honda lança scooter que consegue rodar 60 km com 1 litro de combustível

Acesse:http://www.techmestre.com/activa-i-honda-lanca-scooter-que-consegue-rodar-60-km-com-1-litro-de-combustivel.html

Modelo chega ao mercado indiano e é projetado para homens e mulheres.

A Honda anunciou em evento na Índia o seu novo scooter. Batizado como Activa-I, o modelo tem a capacidade de rodas 60 Km com 1 litro de combustível. Com um motor de 110 cilindradas e 8 cavalos de potência, o veículo se configura simples mas muito usual.
.
A Activa-I tem 1,76 m de comprimento e 0,7 m de largura, com rodas de 10 polegadas. Ela é projetada para homens e mulheres, e traz um porta objeto abaixo do console central e do baú sob o assento, que é capaz de levar 18 litros em objetos.
Activa-I: Honda lança scooter que consegue rodar 60 km com 1 litro de combustível
Curiosidades na internet

Toyota revela nos Estados Unidos nova geração do Corolla

Acesse:http://veja.abril.com.br/noticia/esporte/toyota-revela-nova-geracao-do-corolla-nos-eua

A 11ª geração do carro mais vendido do mundo terá quatro versões diferentes

O novo Toyota Corolla 2014O novo Toyota Corolla 2014O novo Toyota Corolla 2014O novo Toyota Corolla 2014O novo Toyota Corolla 2014O novo Toyota Corolla 2014

AMPLIAR FOTOS

O novo Toyota Corolla 2014

O novo Toyota Corolla 2014 – Divulgação

A Toyota revelou, na madrugada desta sexta-feira, na Califórnia, Estados Unidos, a 11ª geração do sedã Corolla, o carro mais vendido do mundo. A apresentação do novo Corolla acontece dias depois de a fabricante revelar algumas imagens de detalhes do modelo – sem mostrar o desenho completo, é claro, mas com o objetivo de atrair a atenção para o seu lançamento. Nos EUA, o carro custará a partir de 16.230 dólares (cerca de 34.500 reais). Não há data definida para a chegada ao Brasil.

De acordo com a montadora, a nova geração do sedã é baseada no protótipo Corolla Furia, exibido publicamente pela primeira vez em janeiro, durante o Salão de Detroit, nos EUA. O estilo remete à nova geração do utilitário esportivo compacto RAV4, que começou a ser vendido no Brasil recentemente. Na parte frontal chama a atenção a ampla grade trapezoidal e os faróis afilados integrados à estreita grade. A lateral se caracteriza pela linha de cintura elevada e pela aera envidraçada menor que a do Corolla atual. Os espelhos retrovisores externos tem formato triangular. A traseira é elevada e as lanternas invadem a tampa do porta-malas.

Já a cabine exibe linhas mais conservadoras. O volante conta com botões nos raios e o painel traz uma tela de LCD. De acordo com a Toyota, a distância entre-eixos aumentou 100 milímetros, passando para 2,70 metros. Com isso, o espaço interno cresceu e a distância entre o encosto do banco dianteiro para o assento traseiro ganhou 75 mm. O novo Corolla mede 4,64 m de comprimento, 1,77 m de largura e 1,45 m de altura. Em relação à atual geração, ele é 99 mm mais longo, 16 mm mais largo e 10 mm mais baixo. O peso total do modelo é 1.315 quilos.

O Corolla 2014 será oferecido em quatro versões de acabamento: L, LE, S e LE Eco. As três primeiras virão com um motor de quatro cilindros, 1.8 litro, com 132 cavalos de potência; enquanto a LE Eco trará o mesmo 1.8, com 140 cv. Há várias opções de transmissão. Dependendo da versão, o sedã poderá ser equipado com caixa manual de seis marchas (L e S), ou automática CVTI-S de sete velocidades (LE, LE Eco e S) e outra automática, de quatro marchas, para a opção de entrada L.

Ainda segundo a montadora, o novo Corolla é capaz de rodar 17,2 quilômetros com 1 litro de combustível. A lista de equipamentos de série inclui na opção básica oito airbags, conectividade Bluetooth para telefone móvel. As versões superiores agregam ainda teto solar, tela sensível ao toque, chave inteligente e botão de acionamento do motor.

As versões do novo Toyota Corolla

Motor de quatro cilindros, 1.8 litro, com 132 cavalos de potência
Curiosidades na internet

Conserto de iPhones vendidos por operadoras será feito pela Apple Brasil

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/05/apple-assumira-conserto-de-iphones-vendidos-por-operadoras-no-brasil.html

A Apple deve trazer mudanças para os consertos de iPhones no Brasil. Um e-mail enviado às assistências técnicas autorizadas do país indica que a companhia norte-americana assumirá o reparo dos aparelhos vendidos pelas operadoras brasileiras. A medida representaria uma alteração na atual política de trocar um modelo danificado por um novo.

imagem_iphone5_coluna (Foto: Divulgação)iPhones danificados podem não ser mais
substituidos pela Apple (Foto: Divulgação)

 

No e-mail, um homem, que se identifica como João Meneghel, afirma que assumiu a responsabilidade pelo setor de assistência técnica da Apple do Brasil e envia recomendações para mudanças que devem ocorrer no conserto dos aparelhos. Na prática, a companhia não deverá mais trocar um aparelho danificado por um novo, mas sim fazer o reparo do componente defeituoso.

E-mail enviado às assistências da Apple confirmaria novas políticas de conserto da empresa (foto: Divulgação)E-mail enviado às assistências da Apple confirmaria novas políticas de conserto da empresa (foto: Reprodução/Apple Insider)

As novas regras estariam agendadas para entrar em vigor a partir do próximo semestre e apontam que a empresa deve descontinuar a prática de substituir aparelhos. A Apple já teria capacidade de reparar alto-falantes, receptores, botões, bateria e o motor de vibração dos iPhones. Além desses, a companhia espera incluir telas, câmeras e circuitos lógicos nesta lista nos próximos meses. Desta forma, ela espera economizar cerca de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 2 bilhões) por ano.

Curiosidades na internet

Estudantes desenvolvem tênis que gera energia ao caminhar

Acesse:http://www.techmestre.com/estudantes-desenvolvem-tenis-que-gera-energia-ao-caminhar.html

Projeto está em fase inicial, mas pode gerar energia para celulares ou até mesmo alimentar corações artificiais no futuro.

Alunos da Universidade Rice, nos Estados Unidos, desenvolveram um tênis capaz de gerar eletricidade a partir dos passos dados por quem os usa. O projeto fez parte do desafio da Cameron International, o qual tinha por objetivo levantar ideias de como fornecer energia a partir de atividades humanas.
.
Batizado de PedoPower, o protótipo é acoplado na sola do calçado, trazendo consigo uma espécie de alavanca. Esta é acionada cada vez que o pé entra em contato com o solo, fazendo com que um conjunto de engrenagens conectadas a um motor preso na lateral do sapato comecem a girar.

Tênis gera energia ao caminhar

O projeto inicial ainda se apresenta como um aparelho grande e deselegante. Apesar disso, os estudantes esperam ajustá-lo e, além de reduzirem seu tamanho, melhorar o potencial energético.

O principal objetivo é usar o PediPower para carregar eletrônicos, como celulares, por exemplo. Existe ainda a possibilidade de gerar energia para corações artificiais, marcapassos e outros aparelhos médicos no futuro.

Curiosidades na internet