Salão de carros tunados no Japão reúne Lamborghini de oncinha, bizarrices automotivas e gatas orientais

Acesse:http://noticias.r7.com/carros/fotos/salao-de-carros-tunados-no-japao-reune-lamborghini-de-oncinha-bizarrices-automotivas-e-gatas-orientais-16012014#!/foto/1

Feira em Tóquio reúne todos os tipos de automóveis customizados

 

Espécie de Sema Show oriental, o Tokyo Auto Salon é a principal feira de customização do Japão. Realizado em Tóquio, a feira tem de carros de corrida a Lamborghini com pintura de onça — sempre com as tradicionais modelos (orientais) ao seu lado. Veja as principais máquinas dessa feira nas próximas fotos

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Novo Mini Cooper chega ao Brasil no primeiro semestre de 2014

Acesse:http://classificados.folha.uol.com.br/veiculos/2013/11/1373110-novo-mini-cooper-chega-ao-brasil-no-primeiro-semestre-de-2014.shtml

O novo Mini Cooper, que será apresentado simultaneamente nos salões de Los Angeles e de Tóquio, já tem previsão de estreia no Brasil.

A próxima geração do modelo chegará às lojas do país no primeiro semestre de 2014.

De acordo com a montadora, o modelo terá novos motores. Serão dois 1.5 de três cilindros movidos a gasolina e a diesel, e o 2.0 turbo de quatro cilindros com injeção direta de combustível, já usado pela BMW, dona da marca inglesa de compactos premium.

AnteriorPróxima
Divulgação

AnteriorPróxima

Nova geração do Mini Cooper tem apresentação simultânea nos Estados Unidos e no Japão

O visual passou por algumas alterações, mas continua a lembrar a primeira geração do modelo, lançado em 1959.

Na frente, a grade está maior, cobrindo a área onde normalmente fica a placa. As entradas de ar do para-choque apresentam desenho em forma de colmeia. Os faróis redondos cresceram e trazem iluminação de LEDs. O para-brisa está um pouco mais inclinado.

Na traseira, a grade do para-choque ganhou o mesmo formato que as frontais e desceu para a altura do escapamento. As lanternas invadem uma pequena parte da tampa do porta-malas.

O aumento na capacidade do bagageiro (de 160 para 211 litros) foi possível graças ao crescimento de 9,8 cm no comprimento em relação à geração anterior –agora, são 3,82 m. A distância entre eixos cresceu 4,2 cm, indo para 2,49 m.

Por dentro, o icônico e polêmico velocímetro saiu do painel central e agora fica atrás do volante. O console central recebeu uma tela de 8,8 polegadas. Este display tem um acabamento circular de LED que muda de cor conforme o modo de condução escolhido pelo motorista.

Pela primeira vez a lista de equipamentos inclui o controle variável dos amortecedores, que permite escolher entre um ajuste mais confortável e outro que valoriza a esportividade.

Curiosidades na internet

Tóquio: Suzuki mostrará novos crossovers

Acesse:http://msn.icarros.com.br/noticias/saloes/toquio:-suzuki-mostrara-novos-crossovers/15338.html

A Suzuki vai mostrar no Salão de Tóquio três novos conceitos de crossovers com apelo aventureiro para o mercado japonês

O X-Lander Concept foi desenvolvido na mesma plataforma do Jimny1 | 7O X-Lander Concept foi desenvolvido na mesma plataforma do Jimny
O X-Lander Concept foi desenvolvido na mesma plataforma do Jimny Suzuki X-Lander Cabine do Suzuki X-Lander Suzuki Crosshicker Concept Cabine do Crosshicker Concept Marca promete generoso espaço interno para o Hustler Concept Suzuki Hustler Concept
 A Suzuki revelou três conceitos de crossovers que devem inspirar o desenvolvimento de futuros modelos da marca. Os protótipos farão sua estreia no Salão de Tóquio, que acontece em novembro no Japão. A primeira novidade é o Crosshiker, crossover compacto com um peso de 810 kg e motor 1.0 de três cilindros. Já o X-Lander  foi desenvolvido na mesma plataforma do Jimny e vem equipado com motor 1.3 híbrido acoplado a um câmbio automatizado e virá equipado com tração integral. Por último, o conceito Hustler é a aposta da marca para os que buscam um generoso espaço interno.
Curiosidades na internet

Baratas-ciborgue poderão ajudar a salvar vidas em desabamentos

Acesse:http://www.megacurioso.com.br/biologia/39597-baratas-ciborgue-poderao-ajudar-a-salvar-vidas-em-desabamentos.htm

Em junho, nós noticiamos que pesquisadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte estavam realizando os primeiros testes com baratas-ciborgue, as quais podiam ser controladas remotamente através do uso de sensores, um chip e impulsos elétricos. O que talvez seja ainda mais inusitado nessa pesquisa é o uso de um Kinect para monitorar a posição dos insetos.

Os grupos de baratas em teste, também chamadas de “biobots”, estavam sendo “treinadas” para mapear áreas perigosas ou inconstantes, como edifícios que desabaram. Uma publicação recente na página da própria instituição de ensino revela que o estudo teve avanços após pequenas modificações em sua metodologia e softwares.

De acordo com essa matéria, a equipe de pesquisadores liderada pelo Dr. Edgar Lobaton estava encontrando dificuldade com uma característica natural das baratas: a sua movimentação aleatória. Os estudiosos resolveram então usar tal fato a seu favor e mudaram a forma de controle dos insetos.

Quando introduzidas as “biobots” no local de desabamento, por exemplo, elas seriam deixadas livres para caminhar aleatoriamente. Os sensores acoplados aos animais indicariam aos investigadores por meio de ondas de rádio a proximidade das baratas umas com as outras.

 

 

Com os insetos já bem espalhados pelo local, o passo seguinte é enviar um sinal de comando para que eles sigam até encontrar uma parede ou alguma estrutura rígida e relativamente intacta e continuar se movimentando. Assim, com a recepção dos sinais de localização das baratas, em um ciclo contínuo, os pesquisadores conseguem com a ajuda de um software específico “desenhar” um mapa da área.

Mais do que apenas mapear um prédio desabado ou uma área remota e desconhecida, se dotadas de sensores específicos, as “biobots” poderão inclusive identificar pontos de radioatividade e ameaças químicas.

O estudo ainda está em fase embrionária de testes, mas já deve ser apresentado oficialmente no início de novembro durante uma conferência internacional de sistemas inteligentes e robôs que será realizada em Tóquio, no Japão.

Curiosidades na internet

Óculos tradutores são aposta para traduzir cardápios e reconhecer pessoas no Japã

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/09/1349637-oculos-tradutores-sao-aposta-para-traduzir-cardapios-e-reconhecer-pessoas-no-japao.shtml

Ler o cardápio de um restaurante japonês é extremamente difícil para um estrangeiro no Japão, mas com óculos tradutores isso será possível num piscar de olhos, assim como reconhecer pessoas.

Por ocasião do salão da eletrônica Ceatec, nos arredores de Tóquio, o primeiro operador de telecomunicações móveis local, NTT Docomo, apresentou vários aplicativos baseados em óculos com uma câmera, e que servem de tela mono ou binocular.

Uma destas funções permite substituir a imagem filmada por uma tradução em inglês de um cardápio de restaurante escrito em japonês, ou em qualquer outra língua que tenha sido escolhida.
O usuário vê essa imagem retocada através dos óculos.

Yoshikazu Tsuno/AFP
Óculos expostos na feira de eletrônicos Ceatec, no Japão, ajudam a traduzir cardápios para turistas
Óculos expostos na feira de eletrônicos Ceatec, no Japão, ajudam a traduzir cardápios para turistas

Outra implicação possível é ver aparecer na tela informações (nome, sobrenome, função) relacionadas a uma pessoa, com a condição de que ela já esteja registrada no repertório de seu smartphone, tudo isso graças a um sistema de reconhecimento e identificação de rosto.

Toda ou parte destas tecnologias deve estar pronta para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020, que também serão uma vitrine da habilidade japonesa para facilitar por diversos meios técnicos a vida dos visitantes e, sobretudo, dos estrangeiros de passagem.

No entanto, alguns obstáculos técnicos ainda precisam ser superados, como o tamanho dos óculos, sua autonomia (precisam de uma bateria), a rapidez de reconhecimento de imagens ou rostos e a redução do tempo de resposta.

Curiosidades na internet

Dezenas de japoneses empurram trem de 32 toneladas para salvar mulher que caiu nos trilhos

Acesse:http://noticias.r7.com/internacional/dezenas-de-japoneses-empurram-trem-de-32-toneladas-para-salvar-mulher-que-caiu-nos-trilhos-24072013

A mulher escapou sem ferimentos do acidente, que aconteceu no norte de Tóquio

O salvamento foi registrado por um fotógrafo do jornal YomiuriAP

Dezenas de passageiros que estavam em uma plataforma de trem no Japão se uniram para salvar uma mulher que havia caído nos trilhos. O acidente aconteceu na segunda-feira (22), no período de maior movimento do dia da estação JR Minami-Urawa, no norte de Tóquio.

A mulher, que ainda não foi identificada, escorregou e caiu no fosso entre o vagão e a plataforma. Cerca de 40 pessoas que estavam no local começaram a empurrar o trem de 32 toneladas e conseguiram desprender a mulher, que saiu ilesa do acidente.

Número de vítimas de terremoto na China chega a 94, dizem autoridades locais

Chinesa fica com cabeça presa em para-brisa em impressionante acidente de carro

O trem possui um sistema de suspensão que permite que ele seja inclinado para ambos os lados, o que facilitou o salvamento, segundo informações do tabloide britânico Daily Mail.

A multidão que testemunhou o resgate aplaudiu ao ver que a mulher, de cerca de 30 anos, havia escapado sem ferimentos.

O salvamento foi registrado por um fotógrafo do jornal Yomiuri, que estava no local. A fotografia foi publicada e o grupo que participou do resgate ficou conhecido como heróis no Japão.

Curiosidades na internet

Conheça os incríveis estacionamentos subterrâneos robóticos do Japão. Assista ao vídeo!

Acesse:http://rockntech.com.br/conheca-os-incriveis-estacionamentos-subterraneos-roboticos-do-japao/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+rockntech+%28ROCK%27N+TECH+-+O+maior+conte%C3%BAdo+geek+do+Brasil%21%29

japans-bike-parking

Em países evoluídos muitos trocam os carros pelas bicicletas, como é o caso do Japão. O problema é que mesmo as bicicletas sendo menores do que carros, é sempre um dilema encontrar um local para estacioná-las com segurança. Além disso no Japão não há tanto espaço assim como temos aqui no Brasil, então a prefeitura de Tóquio resolveu implementar em um bairro chamado Shinagawa, estacionamentos subterrâneos inteligentes com sistema robótico que leva as bicicletas automaticamente para dentro da terra.

japans-bike-parking_2

Dentro das “ECO Bikes” – como são chamadas – a bicicleta é mantida protegida do sol e chuva, roubos ou mesmo de vândalos. Cada estação ECO Bike suporta até 200 bicicletas, imagina então o enorme espaço que cada uma destas poupa na superfície! É senhores, nosso país ainda precisa evoluir uns 200 anos até chegar onde eles estão. Assista ao vídeo (legendado) abaixo para entender como as ECO Bikes funcionam.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet