Empresa desenvolve scooter que pode se transformar em uma mala para ser levada para onde quiser

Acesse:http://www.gadoo.com.br/tecnologia/empresa-desenvolve-scooter-que-pode-se-transformar-em-uma-mala-para-ser-levada-para-onde-quiser/

Uma scooter elétrica que se dobra para se tornar uma mala vem sendo desenvolvida, ainda em fase de protótipo, e promete revolucionar o mercado de pequenos veículos. O preço inicial ainda é salgado, em torno de 13 mil reais, e mesmo assim não se tem previsão para entrega a clientes.

Alimentada por baterias recarregáveis, a scooter alcança uma velocidade máxima de 20 km/h, mas também pode ser levada a pé se a bateria acabar.

Todo o veículo é ajustado de modo que possa ser aberto ou compactado quando necessário, permitindo que o usuário o leve por ônibus e metrôs facilmente.

Scooter dobrável se torna uma mala

A Illinois firmes Green Motors Energy está recebendo pré-encomendas do seu veículo para ajudar a financiar a produção. Mesmo com valor acima das concorrentes, a fabricante garante que a economia vem a longo prazo.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Empresa quer fazer as pessoas viverem até os 100 anos

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/empresa-quer-fazer-as-pessoas-viverem-ate-os-100-anos-05032014

Companhia americana digitalizará DNA humano para ampliar a longevidade

Será analisado o DNA de cerca de 100 mil pessoas por ano para a montagem de um banco de dadosBBC

Craig Venter, pioneiro em sequenciar o primeiro genoma humano nos EUA, tem um novo objetivo: ajudar a humanidade a viver com saúde até os 100 anos. As informações são do site americano Bloomberg.

Peter Diamandis, co-fundador do projeto, diz que o propósito é fazer com que “os 100 anos seja os novos 60”.

Diamandis analisa o DNA de cerca de 100 mil pessoas por ano, para montar um banco de dados que desenvolvem novos testes para ajudar a prolongar a expectativa de uma vida saudável.

A empresa Human Longevity Inc., fundada por Venter, decodificará o DNA de várias pessoas, desde crianças a pessoas centenárias.

Aplicativo previne distraídos de atropelamentos

Auroras boreais dão “espetáculo” no céu da Grã-Bretanha

Sediada em San Diego, a Human Longevity irá reunir as informações em um banco de dados que incluem informações sobre genomas e microbiomas, os micróbios que vivem em nosso intestino. O objetivo é ajudar os pesquisadores a entender as doenças associadas ao envelhecimento. A empresa possui um orçamento inicial de US$ 70 milhões, de acordo com comunicado liberado nesta terça-feira (04).

— Estamos criando a maior instalação de sequenciamento do genoma humano do mundo. Queremos promover o envelhecimento saudável usando métodos avançados de terapia com células estaminais.

Venter fundou a empresa com Diamandis, que é pesquisador de células-tronco.

Melhoria das máquinas

Segundo Venter, a velocidade e precisão das máquinas digitalizadoras de DNA aumentou de tal forma que, pela primeira vez, o sequenciamento clínico poderá ser feito de maneira maciça, ou seja, será possível uma análise em grande número.

— Eu esperei 13 anos por essa tecnologia. Esse avanço não só terá um impacto significativo em nossos estudos, como também na medicina em geral.

Mulher é atacada por estar usando um Google Glass nos EUA

A Human Longevity tem um acordo com a Universidade da Califórnia, em San Diego, para realizar o sequenciamento de genoma nos pacientes do Centro de Câncer Moores, de acordo com o comunicado. Além do genoma e do microbioma, a empresa vai coletar dados sobre substâncias bioquímicas e lipídios no organismo dos pacientes.

Em setembro de 2013, o Google anunciou que estava interessado em investir na empresa de Venter.

Curiosidades na internet

Novo chip promete velocidade de internet de até 400 Gbps

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/pro/noticia/40300/40300

(Foto: divulgação/IBM)
A internet média do brasileiro tem uma velocidade média de 2,7 Mbps. É o suficiente para muitos invejarem o Google Fiber, serviço que oferece velocidades de 1 Gbps em algumas cidade dos EUA. No que depender da IBM, no entanto, até o Fiber ficará para trás com uma nova tecnologia que está desenvolvendo, capaz de alcançar velocidade de até 400 Gbps.
.
Pesquisadores suíços ligados à empresa criaram um conversor analógico-para-digital ultrarrápido e de baixo consumo, que deve permitir que datacenters compartilhem informações em uma velocidade quatro vezes maior do que é possível hoje em dia.O ZDNet faz a comparação que, com esta velocidade, seria possível transmitir 160 GB, o equivalente a um filme de duas horas com resolução 4K, ou 40 mil músicas, em apenas alguns segundos.

Antes de se animar com o novo superchip da IBM, saiba que ele tem um propósito um pouco maior do que simplesmente aumentar a velocidade da conexão da sua casa. Ele será utilizado para suportar o Square Kilometre Array, o maior telescópio do mundo, que deve iniciar suas operações totais em 2024.

Este telescópio será capaz de dar uma ideia melhor das origens do universo, mas também consumirá quantidades gigantescas de dados, chegando a recolher 1 exabyte por dia quando for concluído, o que é cerca de 1 bilhão de gigabytes. Por dia. Por isso, será necessário uma tecnologia capaz de suportar tudo isso.

Curiosidades na internet

Japoneses criam robô ‘invencível’ no joquempô

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/bbc/2013/11/1366555-japoneses-criam-robo-invencivel-no-joquempo.shtml

Cientistas japoneses desenvolveram um robô que joga joquempô (ou pedra-papel-tesoura) tão rápido que sempre vence os humanos.

O robô Janken, batizado a partir do nome original do jogo em japonês, janken, é uma versão mais rápida de um outro robô mostrado pela Universidade de Tóquio em junho de 2012.

A versão dois do robô jogador apresenta a escolha feita quase que ao mesmo tempo que a mão humana.

Ao invés de usar previsão, o robô usa reconhecimento e reação em alta velocidade.

Veja Vídeo

Tecnicamente, o robô trapaceia pois reage extremamente rápido ao que a mão humana está fazendo ao invés de realizar uma ação simultânea premeditada, como dita a regra do jogo.

Levando apenas um milissegundo (0,001 segundo ou um milésimo de segundo) para reconhecer qual forma a mão humana está fazendo, o robô então escolhe a forma vencedora e reage em alta velocidade, quase simultâneamente.

Em comparação, a versão um deste robô completava a forma em 20 milissegundos depois que a mão humana.

Os cientistas do Laboratório Ishikawa Oky, parte da Universidade de Tóquio, é especializado em uma série de tecnologias, incluindo o “sensor de fusão”, que visa replicar e melhorar os sentidos humanos usando robôs inteligentes de alta velocidade.

“Estes robôs são realmente rápidos na reação, mas há cenários em que até mesmo um atraso de apenas um milissegundo não é aceitável, como na prevenção de acidentes ou mercados de ações virtuais”, disse à BBC Sethu Vijayakumar, professor de robótica da Universidade de Edimburgo, na Escócia.

“Nestes casos, precisamos combinar a reação em alta velocidade com a previsão em alta velocidade, usando teoria de jogos e padrões de comportamento”, acrescentou.

Curiosidades na internet

Celular com leitor de digitais

Acesse:http://www.mundodastribos.com/celular-com-leitor-de-digitais.html

O recurso extra de segurança presente no iPhone 5S, que aumenta a privacidade dos dados armazenados na memória do aparelho, já é utilizado há algum tempo por outras fabricantes.

Lançado no último dia 10 de setembro nos Estados Unidos, o iPhone 5S, nova versão top de linha do famoso smartphone da Apple, trouxe inúmeras novidades, como o processador A7 de 64 bits, que aumentará consideravelmente o desempenho do aparelho, e novos recursos para a câmera iSight de 8 MP.

655439 celular com leitor de digitais 600x600 Celular com leitor de digitais

No entanto, o que mais chamou a atenção no novo iPhone foi o leitor de digitais que acompanha o dispositivo, tendo como principal função desbloquear a tela e permitir o acesso a outras funcionalidades do smartphone, dispensando a necessidade de digitar senhas.

Chamado de “Touch ID”, o leitor biométrico do iPhone 5S fica no mesmo local onde funciona o botão “Home”, contando com um sistema que varre as camadas sub-epidérmicas do dedo do usuário, em 500 pontos por polegada, lendo a impressão digital com grande velocidade.

AS VANTAGENS DA LEITURA BIOMÉTRICA

655439 celular com leitor de digitais 1 600x600 Celular com leitor de digitais

Funcionando de forma similar aos sistemas de leitura de digitais já utilizados em caixas eletrônicos de alguns bancos, o leitor biométrico do iPhone permite o desbloqueio do aparelho e faz a autenticação do usuário, liberando o acesso às funções de compra de aplicativos e músicas na App Store, acesso às redes sociais e muito mais.

De acordo com a Apple, a tecnologia possibilita ler a impressão digital em qualquer direção e o usuário ainda pode autenticar várias impressões. Os dados são criptografados e armazenados no processador do telefone, não ficando disponíveis para aplicativos. A fabricante também garante que as informações não são compartilhadas.

Assim, o proprietário não precisa se preocupar mais em criar senhas gigantes e complicadas, para dificultar a ação de bisbilhoteiros, bloqueando e desbloqueando o seu celular apenas com aimpressão digital.

Outro detalhe interessante divulgado pela Apple e corroborado por especialistas em segurança digital é que o sistema utilizado no iPhone 5S exige que o dedo utilizado durante a leitura tenha fluxo sanguíneo, ou seja, de nada adianta o ladrão roubar o aparelho e cortar o dedo do proprietário para utilizá-lo posteriormente no desbloqueio do equipamento.

OUTROS MODELOS DE CELULAR COM LEITOR DE DIGITAIS

655439 celular com leitor de digitais 2 600x600 Celular com leitor de digitais

Enquanto a Apple resolveu utilizar agora essa tecnologia em seu cobiçado smartphone, diversas empresas já haviam implantado essa funcionalidade em seus aparelhos. Um dos exemplos decelular com leitor de digitais é o Motorola Atrix, lançado em 2011, que também só permite o desbloqueio através do reconhecimento da impressão digital do dono.

655439 celular com leitor de digitais 3 600x600 Celular com leitor de digitais

Antes dele, a Lenovo já havia lançado um modelo equipado com tal tecnologia, o Lenovo P960, apresentado em 2008, que reconhecia com precisão as digitais do proprietário, protegendo todos os dados armazenados em sua memória interna.

655439 celular com leitor de digitais 4 600x600 Celular com leitor de digitais

Outro exemplo de celular com leitor biométrico é o LG eXpo, lançado em 2009 e voltado ao mercado corporativo, que oferecia uma segurança extra para as informações sigilosas carregadas pelos funcionários de grandes empresas.

Curiosidades na internet

Cartão de memória mais rápido do mundo é lançado pela SanDisk

Acesse:http://www.codigofonte.net/dicas/noticias/2229_cartao-de-memoria-mais-rapido-do-mundo-e-lancado-pela-sandisk

Clique para ver a imagem em seu tamanho real
O primeiro cartão de memória mais rápido do mundo, com especificações CFast 2.0 e modelo Extreme Pro foi lançado pela SanDisk.

Além de maiores velocidades de 450 MB/s para leitura e 350 MB/s para escrita, a empresa também divulgou que o cartão será ficou mais resistente. Também conta com um design repaginado e vem com um número de série único para o cliente registrar com o suporte técnico.

O cartão será disponibilizado com versões de 16, 32, 64, 128 e 256 GB. Com toda essa velocidade, o preço será bem elevado, variando de US$ 220 a US$ 1.810.

Até o momento, o cartão será utlizado por poucas câmeras, devido a sua tecnologia. Por outro lado, há possibilidade em outros dispositivos através de um adaptador

Ainda não há informações sobre o seu lançamento no Brasil.

Curiosidades na internet

Carro de corrida elétrico bate recorde mundial de velocidade

Acesse:http://inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=recorde-mundial-velocidade-carro-corrida-eletrico&id=010170130701

Carro de corrida elétrico bate recorde mundial de velocidade

O carro elétrico Lola B12 69/EV atingiu uma velocidade de 328,6 km/h. [Imagem: Lola]

Recorde de velocidade de carro elétrico

O protótipo de carro de corrida elétrico fabricado pela Drayson Racing Technologies, um consórcio de 10 empresas do setor automobilístico, quebrou o recorde mundial de velocidade dessa categoria emergente.

O carro elétrico Lola B12 69/EV atingiu uma velocidade de 328,6 km/h.

O recorde anterior era de 281 km/h, estabelecido em 1974 pelo Battery Box, fabricado pela General Electric.

A empresa anunciou que irá inscrever o veículo recordista nas 24 Horas de Le Mans do próximo ano, afirmando que a competição vai funcionar como um “banco de testes desafiador” para tecnologias que poderão ser adotadas futuramente nos carros de rua – elétricos ou híbridos.

Fórmula E

A fim de se qualificar para a quebra do recorde mundial de velocidade perante a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) o carro de corrida elétrico precisava pesar menos de 1.000 kg, sem o motorista.

Para isso, os projetistas adaptaram um carro da série Le Mans que havia sido projetado originalmente para usar um motor a bio-etanol, substituindo esse propulsor por um conjunto de baterias capaz de fornecer 20 quilowatts-hora, gerando 850 cavalos de potência.

Foi necessário também adaptar o chassi do veículo, feito inteiramente de fibra de carbono reciclado.

A Drayson Racing afirmou que vai centrar sua atenção agora no lançamento do campeonato mundial de Fórmula E, uma espécie de Fórmula 1 dos carros elétricos, que deverá começar em setembro de 2014.

A primeira corrida de carros elétricos da Fórmula E será realizada em Londres. Roma, Miami, Pequim e Rio de Janeiro estão entre os outros sete locais.

Carro de corrida elétrico bate recorde mundial de velocidade

O Zeod RC, da Nissan, também participará das 24 Horas de Le Mans do próximo ano. [Imagem: Nissan]

Carros de corrida elétricos

A Drayson Racing não é a única fabricante que está apostando em carros de corrida elétricos para estimular a adoção da tecnologia.

A Spark, de Cingapura, e a McLaren, da Inglaterra, também estão construindo carros de corrida elétricos, bem mais parecidos com um Fórmula 1, para participar da primeira temporada da Fórmula E.

A própria Drayson anunciou que terá uma máquina para a competição em 2015, com alguns dos mesmos componentes utilizados no Lola B12 69/EV.

Na semana passada, a Nissan apresentou o seu Zeod RC (Zero Emission On Demand Car Racing), um híbrido que pode alternar entre energia elétrica e gasolina.

O Zeod RC “pode atingir velocidades acima de 300 km/h”, segundo a empresa, e também participará das 24 Horas de Le Mans do próximo ano.

Curiosidades na internet

Projeto quer transportar iceberg para fornecer água à população

Acesse:http://www.baboo.com.br/hardware/hardware-tecnologia/projeto-quer-transportar-iceberg

Projeto quer transportar iceberg para fornecer água para população

Georges Mougin tem uma ideia diferente do usual. Ele quer transportar um iceberg de milhões de toneladas, da costa do Canadá, até as Ilhas Canárias, um arquipélago que fica na Espanha. Há 40 anos este homem dedica a vida aos icebergs, aquelas placas gigantes de gelo soltas no oceano. Como fundador da Iceberg Transport International (ITI), empresa responsável por transportar estes pedaços de gelo entre 1975 e 1981, o objetivo agora é maior: fornecer água para a população com o uso de icerbergs.

Projeção e simulação 3D de alta tecnologia

Para que isso aconteça, diferente de 40 anos atrás, Mougin conta com a tecnologia atual, que também na geografia e oceanografia avançou ano a ano. Graças a uma parceria com a empresa francesa especializada em projeção 3D e tecnologias do futuro Dassault Systemes, ele conseguiu montar sua equipe para dar continuidade ao seu trabalho.

Composta de engenheiros, oceanógrafos, geógrafos e especialistas em criação e modelagem 3D e mundos virtuais, ele finalmente teve uma projeção para que seu sonho se torne realidade.

Com a ajuda de um drone submarino que estudou todas as medidas do iceberg escolhido para o transporte, a Dassault Systemes conseguiu reproduzir com um alto nível de realismo o objeto de gelo. Com isso, a empresa criou um mundo virtual em torno do objeto e o projetou em três telas enormes, que podem ser analisadas com óculos especiais 3D.

Projeto quer transportar iceberg para fornecer água para população

Mougin e sua equipe, portanto, puderam analisar de perto todos os detalhes do objeto para viabilizar a viagem de milhares de toneladas pelo oceano atlântico. E a vantagem que a companhia oferece é justamente essa. Diferente de algumas décadas no passado, a ideia não poderia ser de fato viabilizada, por oferecer grandes riscos. Com a tecnologia atual e a projeção 3D criada pela Dassault Systemes, foi possível testar a ideia inovadora. E com uma simulação da realidade para que a equipe descobrisse de daria certo ou não.

O início de uma grande empreitada

Depois de muita pesquisa e análise na textura, peso, medidas, tamanho e aspectos físicos gerais do iceberg, a equipe usou também a tecnologia para cobrir o objeto. Uma espécie de manta sintética que ajuda o iceberg a manter sua temperatura e não derreter até chegar a seu destino final.

No final do teste, a Georges Mougin e sua equipe na Dassault Systemes conseguiram concluir a simulação com sucesso. Mesmo com especulações de tempestades marinhas durante o trajeto e até a quebra do iceberg, ele chegaria a seu destino. Como o barco viajaria em uma velocidade média de 1,5 Km/h, levaria quatro meses para o projeto ser completado.

Projeto quer transportar iceberg para fornecer água para população

Solução permanente

As contas finais revelaram que seriam gastos cerca de 4 mil litros de gasolina para que a viagem fosse realizada. Esta quantidade, porém, se tornaria em 4 milhões de litros de água para a população das Ilhas Canárias.

Como a principal fonte de água do local é conseguida por extração de sal da água do oceano, este processo torna a produção muito cara e que gasta muita energia elétrica, além de poluir os oceanos da região. O que torna a água do local em algo raro e não para todos. Uma das soluções, portanto, seria o uso do projeto de Mougin.

O próximo passo para ele, portanto, é conseguir colocar a missão em prática, já que a Dassault Systemes, com seu mundo virtual, conseguiu provar que essa ideia, até então um tanto utópica, é possível de ser realizada.

Curiosidades na internet

Empresa cria sistema que produz imagens em rodas de bicicleta utilizando luzes de LED

Acesse:http://www.techmestre.com/empresa-cria-sistema-que-produz-imagens-em-rodas-de-bicicleta-utilizando-luzes-de-led.html

Projeto tenta arrecadar fundos para chegar ao mercado – Usuário poderá criar suas próprias imagens.

A empresa MonkeyLectric, da Califórnia, criou um sistema de luzes de LED acoplado nas rodas de bicicletas para que se consiga refletir imagens coloridas ou animações bem chamativas.
Batizado de Monkey Light Pro, o sistema trabalha com quatro fileiras de luzes de LED resistentes à água. Elas são fixadas nas rodas, e, através de um programa especial, se consegue criar e transferir animações. Todo o processo é feito através de Bluetooth.
 .
Quando a bicicleta atinge uma certa velocidade, as luzes acendem e formam nas rodas as imagens determinadas pelo programa. Para que o projeto possa de fato se consolidar, a empresa desenvolvedora tenta arrecadar o equivalente a US$ 180 mil no site de fundos “Kickstarter”.
 
Curiosidades na internet

Designer cria carro de Fórmula 1 futurista para a Mercedes

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2013/05/designer-cria-carro-de-formula-1-futurista-para-mercedes.html

O designer Jeamin Park se debruçou sobre pranchetas para criar o que seria um carro de Fórmula 1 da Mercedes-Benz para o ano de 2025. Com exceção da tradicional cor prateada das flechas alemãs do tempo dos Grand Prix, o veículo propõe uma completa revolução do perfil dos bólidos da F1 e de tudo que a empresa já criou para disputar a competição desde os tempos de Fangio e Stirling Moss.

F1 para 2025 abandona as asas traseiras (Foto: Reprodução)F1 para 2025 abandona as asas traseiras (Foto: Divulgação)

Para começo de conversa, Park pensou em um sistema que faz com que a área coberta pela suspensão dianteira varie conforme as condições de pista. Se o carro desce uma longa reta, por exemplo, as duas rodas dianteiras estreitam-se e ficam próximas, o que reduz a resistência do ar ao veículo, aumentando a velocidade final.

Ilustração explica o funcionamento do sistema que muda o perfil do carro conforme a condição de pista (Foto: Reprodução)Ilustração explica o funcionamento do sistema que muda o perfil do carro conforme a condição de pista (Foto: Divulgação)

Quanto mais largo um automóvel é, melhor ele faz a curva. Por isso, ao diminuir para virar, as rodas dianteiras se afastam novamente, deixando carro mais largo e, consequentemente, tornando-o mais estável. O interessante na proposta é o sistema que acionaria o recurso: a própria força centrífuga de uma curva afastaria as rodas.

Nas retas, o Mercedes ficaria mais estreito para ganhar mais velocidade final (Foto: Reprodução)Nas retas, o Mercedes ficaria mais estreito para ganhar mais velocidade final (Foto: Divulgação)

Além disto, o designer provoca uma grande ruptura com o próprio conceito de carro de Fórmula 1: para ser classificado assim, ele precisa ter as rodas expostas. Park desenhou seu Mercedes com os pneus traseiros cobertos, o que, a rigor, faz do modelo mais um protótipo do que um fórmula.

Curiosidades na internet

Moveo: moto elétrica dobrável pode ser carregada como uma mala de rodinhas

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/veiculos/Moveo-moto-eletrica-dobravel-que-pode-ser-carregada-como-uma-mala-de-rodinhas/

MOVEO

A superlotação de veículos nas cidades e a falta de estacionamento são um dos grandes problemas para quem vive em metrópoles. E depois de um período de cinco anos de desenvolvimento, a Antro – grupo húngaro sem fins lucrativos – apresentou a primeira scooter elétrica e dobrável do mundo, que pode ser carregada como se fosse uma mala de rodinhas, a Moveo.

Segundo o Technabob, a Moveo é feita de fibra de carbono, pesa 25 quilogramas, atinge velocidade máxima de 45 quilômetros por hora e o melhor de tudo, você pode guardá-la até embaixo da sua mesa do escritório. Com uma carga completa de bateria, a pequena moto é capaz de rodar até 35 quilômetros sem precisar de ‘abastecimento’ – a bateria leva apenas uma hora para ser recarregada.

Moveo

MoveoFotos: Divulgação

Por enquanto, a Moveo é apenas um protótipo e seus criadores buscam fundos para iniciar sua produção e comercialização. Além disso, a Antro estima que quando a moto estiver disponível no mercado, ela poderá ser adquirida por um valor estimado entre US$ 3.100 e US$ 4.600 (R$ 6.068 e R$ 9 mil, respectivamente).

Curiosidades na internet

Western Digital lança HD ‘finíssimo’ de 5mm e 500 Gb de capacidade

Acesse:http://www.techtudo.com.br/lancamentos/noticia/2013/04/western-digital-lanca-hd-finissimo-de-5mm-e-500-gb-de-capacidade.html

A empresa WD (Western Digital) lançou um HD 25% mais fino que os smartphones populares no mercado e 47% mais fino que um disco rígido padrão com 500 Gb de capacidade. O WD Blue tem 5mm pesa 74g e, segundo anúncio da empresa, tem o volume total reduzido (47%), mas sem comprometer o desempenho.

wd blue (Foto: wd blue)WD Blue, com apenas 5mm de espessura (Foto: Divulgação)

 

A empresa se preocupou também com o ruído gerado pelo HD e afirma que ele é 10% mais silencioso que outro disco rígido concorrente na mesma categoria. O novo lançamento é feito em alumínio e promete também reduzir o consumo de energia, além das vibrações do uso, o que segundo a empresa, torna o produto mais confiável.

A empresa anunciou ainda que desenvolveu novas tecnologias de acabamento e engenharia e destaca a tecnologia “Dual Stage Actuator” para melhorar o desempenho e a velocidade. E apesar do anúncio público, a princípio, ele será vendido apenas para empresas.

Curiosidades na internet

4G de smartphones importados funciona no Brasil? Entenda

Acesse:http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2013/04/4g-de-smartphones-importados-funciona-no-brasil-entenda.html

Comprar um smartphone no exterior pode representar uma vantagem tanto por aspectos financeiros quanto por tecnológicos. Atualmente, por exemplo, a maioria dos celulares adquiridos fora já vem embarcados com a tecnologia 4G. Diante deste fato, a seguinte dúvida paira no ar: aparelhos importados acessarão a rede 4G do Brasil? Para te ajudar, o TechTudo responde a questão, analisando a situação atual da tecnologia no país.

4g lteTecnologia 4G já está presente em diversos modelos
estrangeiros (Foto: Reprodução)

Criada para aprimorar o trafego de dados da banda larga móvel, proporcionando maior velocidade e estabilidade, a tecnologia 4G, também conhecida como LTE (Long Term Evolution), pode alcançar velocidades de conexão que giram em torno de 100 Mbps. Ou seja, muito superior aos padrões adotados atualmente no Brasil.

Porém, para que a tecnologia 4G seja viável, ela deve operar em uma determinada faixa de frequência reservada para ela. Assim, um fato importante deve ser levado em consideração: a frequência adotada pode variar de um país para outro. Segundo o Portal da Copa – site do governo federal brasileiro sobre a Copa do Mundo de 2014 -, o Brasil licitou em junho de 2012 a faixa de 2,5 Ghz para o 4G. Alguns países da Europa e Ásia operam no mesmo espectro, mas os Estados Unidos e o Canadá, por exemplo, utilizam a faixa dos 700 MHz.

Assim, um aparelho comprado na América do Norte tem grandes chances de não funcionar no 4G brasileiro, enquanto aqueles adquiridos na Europa podem ser compatíveis. O mais importante é conferir antes da compra a faixa em que a conexão atua: se for entre 2,5 e 2,6 Ghz, ele estará liberado para uso no país. Em outras frequencias, por enquanto, o 4G ficará inoperante, e o 3G será a única opção disponível para o aparelho – já que esta banda é compatível com as frequencias estrangeiras.

O motivo que levou o governo brasileiro a optar por uma frequência incompatível com a de muitos outros países se deve ao fato da faixa de 700 MHz já se encontrar ocupada por emissoras de televisão analógicas. Ou seja, para que o 4G brasileiro possa operar na mesma faixa adotada em outros países, o processo de digitalização do sinal de televisão deverá ser totalmente concluído.

Curiosidades na internet

Lâmpadas de LED podem transmitir internet sem fio de alta velocidade

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2013/04/lampadas-de-led-podem-transmitir-internet-sem-fio-de-alta-velocidade.html

O instituto alemão Fraunhofer Heinrich Hertz Institute desenvolveu uma tecnologia que permite que lâmpadas de LED transmitam dados via internet sem fio. Através da técnica, chamada de Visible Light Communication (VLC), foi possível alcançar velocidades de até 3Gbps em testes laboratoriais

wireless light (620px)A tecnologia usa as frequências de cor das lâmpadas de LED (Reprodução/Engadget)

O mesmo instituto já havia anunciado, em 2011, um sistema em tempo real semelhante, que atingia a velocidade de 500 Mbps. Porém, agora, os pesquisadores conseguiram alcançar até 1 Gbps por cada frequência de cor. Como existem três frequências nas lâmpadas de LED (amarelo, vermelho e azul), os alemães chegaram à incrível marca de 3 Gbps para transmissão de dados.

Anteriormente, os LEDs suportavam uma largura de banda de 30 MHz, mas, com as novas técnicas, conseguem atingir até 180 MHz. Ou seja, as luzes piscam tão rapidamente para transmitir as informações que sequer nota-se a alteração de estado a olho nu.

A área de cobertura dessa tecnologia ainda é pequena, de aproximadamente 10 metros. No entanto, a técnica VLC pode ser muito útil em lugares onde as ondas de rádio são problemáticas, como grandes feiras e fábricas. Os pesquisadores estão trabalhando para que a novidade seja comercializada e pretendem apresentá-la durante a FOE 2013, em Tóquio

Curiosidades na internet

Fim da TV analógica é adiado para 2018

Acesse:http://www.baboo.com.br/2013/04/fim-da-tv-analogica-e-adiado-para-2018/

O fim da TV analógica, que era para acontecer em 2016, foi adiado pelo Ministério das Comunicações. Agora, o ano o qual o serviço será oficialmente encerrado será em 2018. Esta mudança vai alterar o decreto que regulamenta a implantação da TV digital no Brasil.

Fim da TV analógica é adiado para 2018

Fim da TV analógica é adiado

Anteriormente, a implementação da TV digital e o encerramento da TV analógica ocorreria no mesmo ano. No início de 2013, o governo havia decidido antecipar o início das ações em um ano. No entanto, agora a informação é de que novamente os planos mudaram, e o processo seria concluído até 2018.

“Precisamos estimular que as pessoas comprem televisão digital, conversor digital. É evidente que nós não podemos desligar o analógico com as pessoas recebendo o sinal antigo, não vai dar certo”, disse o ministro das comunicações, Paulo Bernardo.

TV e internet

A rede 4G, que oferece velocidade superior à 3G, deve chegar ao país até 2015. E a internet ocupará a faixa de 700 MHz, que é hoje utilizada por rádios. E a implementação será realizada aos poucos, assim como o fim da TV analógica.

De acordo com Ministério das Comunicações e a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a população de baixa renda deve receber benefícios durante o início da implementação, para que possam adquirir aparelhos digitais

Curiosidades na internet

Principais provedores americanos estreiam sistema de combate à pirataria

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/internet/Principais-provedores-americanos-estreiam-sistema-de-combate-a-pirataria/

internet

Cinco dos principais provedores de internet dos Estados Unidos (Verizon, ComCast, AT&T, Cablevision e Time Warner) anunciaram nesta segunda-feira (25) que todos os seus usuários receberão alertas em caso de compartilhamento de arquivos protegidos por direitos autorais. O sistema foi batizado de Copyright Alert System (CAS – Sistema de Alerta de Direitos Autorais, em tradução livre).

Os usuários de serviços como, por exemplo, o uTorrent, poderão receber um alerta do sistema assim que realizarem o download de algum conteúdo protegido. O sistema visa alertar os internautas sobre os riscos e as consequências do consumo de arquivos piratas. Quem irá realizar o monitoramento sobre os conteúdos compartilhados serão gravadoras, canais de televisão, produtores de cinema e estúdios que deverão repassar esses dados para o sistema criado pelos provedores.

Os provedores, por sua vez, serão responsáveis por enviar um e-mail para o usuário que for detectado compartilhando conteúdo ilegal, e caso ele se negue a retirar o arquivo do ar, o CAS enviará ao usuário documentos educativos sobre a prática da pirataria. E se mesmo assim ele se recusar a deletar o conteúdo, os provedores poderão reduzir a velocidade da sua internet banda larga.

Além de educar e conscientizar os internautas, o projeto colaborativo planeja promover e se tornar peça importante na discussão de outros termos sobre segurança e pirataria na internet. Confira abaixo um vídeo demonstrativo, em inglês, do CAS:

Curiosidades na internet