Jardim da moda, terrário tem plantas dentro de vidro e dispensa cuidado

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2013/08/1331194-jardim-da-moda-terrario-tem-plantas-dentro-de-vidro-e-dispensa-cuidado.shtml

Um bom jardim precisa de cuidado constante -água, poda e adubo-, luz do sol e espaço, certo? Não necessariamente.

Pequeno e pouco carente de cuidados, o terrário é um minijardim montado dentro de um recipiente de vidro em vez de num vaso.

As espécies que vão dentro desse canteiro transparente precisam ser muito pouco regadas. Ou nunca. Isso porque a maioria delas retém água com folhas impermeáveis, como cactus e babosa, ambos chamados de suculentas por serem molhadinhos.

Como montar um terrário

 Ver em tamanho maior »

AnteriorPróxima
Maria do Carmo/ Folhapress

AnteriorPróxima

Da esquerda para a direita: terrários com cactus e toy art, acervo pessoal; terrário fechado com musgo, R$ 119 na Momö (tel. 0/xx/2506-8376); e terrário da marca Flo, R$ 220 na Amoreira (tel. 0/xx/3032-5346)

Uma vez que as plantas e musgos estejam no vidro, sobre argila ou terra, é só completar com bonequinhos e miniaturas que deem ao jardim cara de floresta diminuta e os esquecer lá.

Foi pela praticidade que o designer Gustavo Saber, 31, comprou um minijardim para sua sala de estar. “Ele fica em cima da mesa, perto da janela, e não dá nenhum trabalho.”

“Como o terrário precisa de água no máximo a cada duas semanas, ele é prático para solteiros, que não sabem ou não têm tempo para cuidar de plantas”, afirma o arquiteto e paisagista Sulliman Gato Scriboni.

A moda nasceu há cerca de três anos em Manhattan, pedaço de Nova York onde mais de 40% das casas são ocupadas por um único solteiro, diz o censo americano. E chega agora a lares e ao comércio paulistanos.

A loja Amoreira, na zona oeste, vende terrários há cerca de um mês e já teve de pedir reposição duas vezes. “Compram para dar de presente porque dura, não murcha rápido como flores”, diz Cristina Rogozinski, uma das donas. Ali, custam de R$ 50 a R$ 450.

Antônio Jotta, da FLO Atelier Botânico, que fornece para a loja, começou a vender os jardins envidraçados em junho e já produz de 30 a 40 por mês.

Os terrários também podem ser fechados, formando um ecossistema. Nesse caso, a água que evapora cai novamente na terra e dispensa rega. “Mas são necessárias plantas que aguentem a umidade, como avencas. E o vidro embaça, não fica tão bonito”, explica Scriboni.

Modelos abertos podem ser feitos até em copos. Dos de requeijão aos vendidos a R$ 25 na página do Facebook Planeta Jardim, especializada em jardins botânicos em redoma.

Curiosidades na internet