Telescópio James Webb faz registro da maior lua de Saturno e emociona cientistas

A NASA divulgou nesta semana uma captura feita pelo Telescópio Espacial James Webb (JWST) das nuvens de Titã;

As imagens e os dados registrados pelo telescópio emocionaram os cientistas;

Os pesquisadores identificaram duas nuvens, uma delas localizada acima do maior dos mares do satélite.

A NASA divulgou nesta semana uma captura feita pelo Telescópio Espacial James Webb (JWST) das nuvens de Titã, a maior lua de Saturno. As imagens e os dados registrados pelo telescópio emocionaram os cientistas, de acordo com um comunicado da agência espacial.



O objetivo era mapear a distribuição da névoa e identificar novos gases, entre outros pontos.Assim como a Terra, a composição de Titã tem predominância de água, uma vez que é feita de gelo , rios e mares preenchidos com metano líquido e outros hidrocarbonetos. Além disso, sua atmosfera é espessa e nebulosa, pontilhada com nuvens de metano.

Conor Nixon, um astrônomo do Goddard Space Flight Center da NASA em Maryland, providenciou para que o JWST passasse um total de 15 horas de seu primeiro ano estudando Titã.

E os cientistas ficaram entusiasmados com os dados que o JWST lhes enviou. “À primeira vista, é simplesmente extraordinário”, escreveu Sebastien Rodriguez, astrônomo da Université Paris Cité e colega da pesquisa, em um e-mail compartilhado no comunicado. “Acho que estamos vendo uma nuvem!”

Telescópio James Webb faz registro da maior lua de Saturno e emociona cientistas