Tecnologia permite visualizar vasos sanguíneos do cérebro em 3D

Acesse:http://www.isaude.net/pt-BR/noticia/34743/ciencia-e-tecnologia/tecnologia-permite-visualizar-vasos-sanguineos-do-cerebro-em-3d

Imagens ao vivo da vascularização do cérebro têm potencial para melhorar o diagnóstico e o tratamento de doenças neurológicas

Foto: McGill University

Aparelho pode transmitir ao vivo imagens 3D da vascularização do cérebro
Aparelho pode transmitir ao vivo imagens 3D da vascularização do cérebro

Um novo aparelho de tecnologia de ponta que permite aos médicos navegar entre os vasos sanguíneos do cérebro, vai melhorar o diagnóstico e tratamento de doenças neurológicas potencialmente fatais, como aneurismas e derrames.

A nova angiografia oferece vantagens significativas para os pacientes e médicos, incluindo o mais importante, melhorando a segurança e os resultados.

O aparelho cria um “mapa” 3D da vascularização do cérebro com maior precisão e rapidez. Como um sistema de rastreamento GPS, o roteiro oferece imagens em 3D de minúsculos vasos do cérebro em tempo real. O roteiro garante intervenções mais seguras e ajuda a tomada de decisões em tempo real.

O sistema cria imagens de alta qualidade, aumenta a precisão e garante visualização precisa das artérias, devido ao um novo e sofisticado software de imagem. Isso ajuda no diagnóstico mais preciso e em procedimentos intervencionistas.

Segundo os pesquisadores, ele reduz o tempo de exame de angiografia e de tratamento, o que é especialmente crítico em casos tais como acidente vascular cerebral e ruptura do aneurisma cerebral.

Ele reduz ainda a exposição à radiação dos pacientes e dos radiologistas em cerca de 45% comparado com a tecnologia anterior. De fato, a dose de radiação pode ser adaptada às necessidades de cada caso.

A equipe ressalta que ele apresenta uma concepção flexível que permite que o sistema se mova em torno do paciente, em vez de ter que se deslocar o paciente, o que é especialmente importante quando um indivíduo tem uma hemorragia ou está entubado sob anestesia geral.

De acordo com os pesquisadores, o aparelho ainda pode ser usado como ferramenta de ensino e treinamento para a próxima geração de prestadores de cuidados de saúde.

“A nova angiografia oferece vantagens distintas como uma visualização mais precisa da vascularização do cérebro. Isto é altamente vantajoso e nos permite proporcionar tratamentos que requerem precisão, tais como a inserção de cateteres, stents e bobinas nas artérias frágeis do cérebro, reduzindo assim a exposição do paciente à radiação. Em geral, a combinação do aumento da velocidade, precisão, design sofisticado e radiação reduzida significa melhores resultados para os nossos pacientes”, afirma a pesquisadora Donatella Tampieri, da McGill University.

 Curiosidades na internet