O fim das picadas: Nova substância cria “capa da invisibilidade” nos humanos contra os mosquitos

Acesse:http://www.jornalciencia.com/tecnologia/biotecnologia/3324-o-fim-das-picadas-nova-substancia-cria-capa-da-invisibilidade-nos-humanos-contra-os-mosquitos

 

Você já desejou ser ou estar invisível para qualquer inseto que insiste em te rodear e picar? Talvez isso já seja possível.

Pesquisadores descobriram uma substância química que desativa a parte do cérebro do inseto que rastreia os humanos. Este é com certeza um avanço na luta contra os mosquitos portadores de doenças. Os futuros repelentes de mosquitos baseados em compostos químicos podem dar as pessoas uma capa de invisibilidade contra essas pragas.

Existem três principais formas que os mosquitos escolhem seus alvos – O CO2, o calor e odor. O forte atrativo do inseto é o dióxido de carbono (CO2), no qual os possibilita detectar uma pessoa a uma distância de até 20 a 30 metros.

Anandasankar Ray, entomologista da Universidade da Califórnia, EUA, esclarece: “Quando os mosquitos e outros insetos passaram a se alimentam de sangue, eles evoluíram para detectar CO2. Cada animal vertebrado vivo produz uma grande quantidade de CO2, como ‘plumas de turbulência’, e esse CO2 não apenas se dissipa sozinho como também tem a ajuda do vento para isso”.

Quando os mosquitos estão mais próximos, eles são capazes de sentir odores diferentes que são emitidos a partir da pele (o odor da pele humana é o principal subproduto de micróbios na pele, que quebram o suor para produzir o mau cheiro). Além disso, os insetos podem detectar o calor do corpo. Algumas pesquisas também sugerem que os mosquitos são atraídos para certos tipos de sangue, que podem ser mediados por diferentes moléculas de odor, no entanto, não há ainda uma evidência concreta para esta ideia, segundo Ray.

Levando em conta esta capacidade dos mosquitos em detectar CO2 a partir de uma distância considerável, os cientistas se concentram para determinar exatamente como os insetos podem sentir esse gás, na esperança de que um dia seja possível bloquear essa capacidade

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet