Tag: virus

Vírus ebola pode chegar ao Brasil durante a Copa? Especialistas respondem

Acesse:http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2014/04/05/virus-ebola-pode-chegar-ao-brasil-durante-a-copa-especialistas-respondem.htm

  • Cynthia Goldsmith/AFP Photo /Divulgação/CDC

    Micrografia eletrônica colorida de transmissão (TEM) obtida pelo Centro de Controle de Doenças (CDC) em Atlanta, Estados Unidos, revela um pouco da morfologia ultraestrutural exibida por uma partícula viral do vírus Micrografia eletrônica colorida de transmissão (TEM) obtida pelo Centro de Controle de Doenças (CDC) em Atlanta, Estados Unidos, revela um pouco da morfologia ultraestrutural exibida por uma partícula viral do vírus

Ebola é considerado por muitos o vírus mais perigoso que a humanidade conhece atualmente. Ele voltou às manchetes recentemente graças a um surto em Guiné que já causou a morte de 84 pessoas, e sete outras na Libéria. Sem contar casos suspeitos no Mali, todos países da África Ocidental. Trata-se de uma “epidemia sem precedentes”, segundo a organização humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF).

“Enfrentamos uma epidemia de uma magnitude nunca vista antes em termos de distribuição de casos no país”, disse o coordenador da MSF em Conacri (capital de Guiné), Mariano Lugli, por meio de um comunicado.

O vírus foi batizado com esse nome por ter sido identificado pela primeira vez em 1976 na República Democrática do Congo (antigo Zaire), perto do rio Ebola. Desde então, causou cerca de 1.500 mortes na África e é considerado uma ameaça para a saúde global e até mesmo um possível agente de guerra biológica.

Nunca houve casos da doença em humanos fora do continente africano, mas agora, com a chegada da Copa do Mundo, quais seriam as chances do vírus imigrar para o Brasil?

Para o infectologista Celso Granato, diretor clínico do Fleury Medicina e Saúde, as chances de o vírus chegar ao país são muito remotas, mas não impossíveis, já que vivemos num mundo globalizado.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Novo vírus de computador se espalha da mesma forma que a gripe

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/40672/40672

Novo vírus de computador se espalha da mesma forma que a gripe
(Foto: reprodução)

Pesquisadores da Universidade de Liverpool criaram um vírus de computador que se comporta de forma semelhante ao da gripe, se espalhando pelo ar, sem ao menos depender de um computador para isso. Chamado “Chameleon”, ele usa redes Wi-Fi para alcançar suas vítimas.

O Chameleon não fica alojado no PC, mas sim no ponto de acesso, recolhendo informações de qualquer um que passar por ela. E é inteligente o suficiente para ignorar sistemas mais bem protegidos, assim, sempre que topa com informações criptografadas, o malware não se ocupa em descobri-la, passando para o próximo alvo.

Alan Marshall, professor de segurança de rede da Universidade de Liverpool, explicou ao Mashable que o vírus não afeta a forma como os dispositivos se comportam, ele só coleta e envia as informações contidas neles. Então usa as máquinas para chegar a outras redes Wi-Fi e continuar se espalhando. Tal qual uma gripe, ele atua mais rapidamente em regiões mais populosas.

Como o Chameleon fica alocado no ponto de acesso, e não num computador, smartphone, tablet, as soluções convencionais de segurança não são capaz de combatê-lo. A boa notícia é que o vírus existe somente num laboratório, onde os pesquisadores já trabalham para criar uma “vacina”.

Curiosidades na internet

Aquecimento global pode trazer vírus letais de volta à vida, segundo pesquisadores

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/aquecimento-global-pode-trazer-virus-letais-de-volta-a-vida-segundo-pesquisadores-06032014

Vírus de 30 mil anos é descongelado na Sibéria e ainda tem poder de infecção

Cientistas e médicos confundiram o vírus com bactérias e fungosReuters

Um novo tipo de vírus, considerado “gigante” pelos pesquisadores, foi encontrado numa amostra de solo congelado na Sibéria.

Apesar de estar congelado por mais de 30 mil anos, os cientistas dizem que o Pithovirussibericum ainda é um problema: um simples descongelamento do organismo é capaz de infectar uma multidão de outros seres unicelulares puros pela primeira vez em milhares de anos.

Jovem de 13 anos constrói reator nuclear

Devido à mudança climática, regiões como o Ártico e parte do Alasca já estão se transformando.

Os pesquisadores temem que, devido ao derretimento destas áreas congeladas, os vírus antigos possam renascer espontaneamente, ainda mais fortes e modificados.

Segundo o principal autor do estudo, em entrevista ao site americano The Verge, Jean-Michel Claverie, biólogo da Universidade de Aix-Marselle, na França, esta nova descoberta coloca o conceito de “erradicação de doença viral” à prova.

— Nós podemos erradicar completamente o vírus da superfície do planeta, mas isso não significa que não há uma única partícula dele que ainda está viva em algum lugar.

Mistério: linguagem secreta de manuscrito de 600 anos está sendo decifrada

Paisagens belas e inabitáveis: fotógrafo retrata geleiras e vulcões da Islândia

Cientistas e médicos confundiram o vírus com bactérias e fungos, mas a equipe de Claverie conseguiu demonstrar características distintas sobre o organismo. Altas temperaturas foram capazes de “ressuscitar” vírus congelados e reativar o seu poder de infecção novamente. Os pesquisadores acreditam que o Pithovirus é o vírus com o DNA mais antigo que conseguiu sobreviver, mesmo depois de ter sido submetido a baixíssimas temperaturas.

Para descobrir o vírus, cientistas russos tiveram que extrair uma amostra localizada 30 metros abaixo da superfície, no nordeste da Sibéria. A amostra foi então enviada para o laboratório de Claverie, na França, onde os pesquisadores o descongelaram e o introduziram a uma cultura de células infecciosas. Após um dia, os pesquisadores checaram a amostra e descobriram que as células haviam morrido por causa do vírus.

Pela sua dimensão e forma diferentes, a equipe de Claverie percebeu que tinha descoberto uma nova família de vírus. Felizmente, outros testes revelaram que o Pithovirus não é perigoso para a saúde humana.

O solo congelado da Sibéria não é a única fonte de vírus desconhecidos da Terra. De acordo com Claverie, outros vírus também podem permanecer adormecidos nos sedimentos profundos do oceano, que são frios o suficiente para conservar o DNA e as propriedades infecciosas.

Curiosidades na internet

Vírus gigante de 30 mil anos ‘volta à vida’

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/03/140304_virus_bg.shtml

Rebecca Morelle

Repórter de Ciência, Serviço Mundial da BBC

Os cientistas afirmam que não há risco de o contágio representar qualquer perigo para humanos ou animais

Um vírus que estava adormecido há 30 mil anos teria ”ganhado vida” novamente, segundo cientistas da Universidade de Aix-Marseille, na França.

Ele foi encontrado na Sibéria, em uma camada profunda de permafrost, o solo encontrado na região do Ártico formado por terra, gelo e rochas permanentemente congelados. Após ter sido descongelado, o vírus voltou a se tornar contagioso.

Os cientistas afirmam que não há risco de o contágio representar algum perigo para humanos ou animais, mas alertaram para o possível risco para humanos de outros vírus infecciosos que podem ser liberados com o eventual descongelamento do permafrost.

O estudo foi divulgado na publicação especializadaProceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

”Essa é a primeira vez que vemos um vírus permanecer contagioso após tanto tempo”, disse o professor Jean-Michel Claverie, da Centro Nacional de Pequisa Científica (CNRS, na sgila orginal em francês), da Universidade de Aix-Marseile.

Enterrado

O antigo vírus foi descoberto enterrado a trinta metros do solo congelado.

Chamado Pithovirus sibericum, ele pertence a uma categoria de vírus descoberta há dez anos.

Eles são tão grandes que, diferentemente de outros vírus, podem ser vistos ao microscópio. E este, que mede 1,5 micrômetros de comprimento, é o maior já encontrado.

Cientistas advertem que expor camadas profundas de solo poderá gerar riscos de novos vírus

A última vez que ele infectou um organismo foi há mais de 30 mil anos, mas no laboratório ele foi “reativado”.

Os testes mostraram que o vírus ataca amebas, que são organismos monocelulares, mas não infecta humanos ou animais.

”Ele entra na célula, se multiplica e, por fim, mata a célula. Ele é capaz de matar a ameba, mas não infecta uma célula humana”, afirmou Chantal Abergel, co-autora do estudo e também integrante do CNRS.

Mas os pesquisadores acreditam que outros agentes patogênicos mortais possam ter ficado presos no permafrost da Sibéria.

”Estamos estudando isso por meio de sequenciamento do DNA que está presente nessas camadas. Essa é a melhor maneira de descobrir o que existe de perigoso nessas camadas”, afirmou Abergel.

Ameaça

Os pesquisadores dizem dizem que essa região está ameaçada. Desde a década de 70, o permafrost vem perdendo sua espessura e projeções de mudanças climáticas sugerem que ele irá recuar ainda mais.

Como ele vem se tornando mais acessível, o permafrost já está sendo, inclusive, visado como fonte de recursos, devido aos ricos recursos naturais que possui.

Mas o professor Claverie adverte que expor camadas profundads poderá criar novas ameaças de vírus.

”É uma receita para o desastre”, afirmou. Segundo ele, a mineração e a perfuração farão com que as antigas camadas sejam penetradas ”e é daí que vem o perigo”.

Ele disse à BBC que antigas variantes de varíola, que foi erradicada há 30 anos, poderiam se tornar ativas novamente.

”Se for verdade que esses vírus sobrevivem da mesma maneira que vírus da ameba sobrevivem, então a varíola pode não ter sido erradicada do planeta, apenas de sua superfície”, afirmou Claverie.

Mas ainda não está claro se todos os vírus podem se tornar ativos novamente, após terem permanecido congelados por milhares ou mesmo milhões de anos.

Curiosidades na internet

Golpe promete WhatsApp para PC e rouba dados bancários

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/39723/39723

(Foto: Reprodução)
A ESET, empresa de segurança digital, anunciou que seus pesquisadores da América Latina encontraram um novo golpe voltado aos usuários brasileiros, que tenta infectar computadores prometendo uma versão do aplicativo de bate-papo WhatsApp para PC.
.
A empresa alerta que se trata de um Trojan que está sendo distribuído por e-mail com o intuito de roubar informações bancárias.A vítima recebe uma mensagem em sua caixa de entrada, anunciando que agora é possível baixar gratuitamente o software para seu computador com Windows, o que seria uma novidade, já que o app é exclusivo para smartphones (iPhone, BlackBerry, Android e Windows Phone).Ao instalar o executável no seu computador, com o sugestivo nome “Whatsapp.exe”, o código malicioso é executado e o computador infectado. De acordo com a ESET, trata-se do vírus Win32/TrojanDownloader.Banload que também descarrega o Win32/Spy.Banker.AALL,capaz de roubar informações pessoais, principalmente dados bancários.Os pesquisadores dizem que centenas de pessoas já estariam infectadas com o vírus. O alerta da ESET é desconfiar de qualquer oferta boa demais, pouco usual ou duvidosa e refletir antes de dar o clique.

Curiosidades na internet

Cartilha explica as diferenças entre os tipos de vírus na internet

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/38829/38829

(Foto: Cartilha do CERT.br)
.
 A internet está repleta de ameaças que circulam por sites e redes sociais para aplicar golpes e roubar informações confidenciais dos usuários mais desatentos. Mas, embora sejam velhas conhecidas dos internautas, você saberia explicar as diferenças entre elas?
.
O CERT.br, braço do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), lança nesta sexta-feira o 8º fascículo da sua Cartilha de Segurança para Internet tendo como foco os códigos maliciosos. Nele, a entidade esclarece os tipos de malware e orienta a escapar das pragas online.Segundo o órgão, cada espécie possui características próprias: a maneira como é obtida, a forma como é instalada, os mecanismos usados para a sua disseminação e os danos mais comuns que causam divergem de acordo com os sistemas.

Abaixo, confira as explicações para cada um deles:
Vírus: programa ou parte de um programa de computador, normalmente malicioso, que se propaga inserindo cópias de si mesmo e se tornando parte de outros programas e arquivos.

Cavalo de troia (trojan): programa que, além de executar as funções para as quais foi aparentemente projetado, também executa outras funções, normalmente maliciosas, e sem o conhecimento do usuário.

Rootkit: conjunto de programas e técnicas que permite esconder e assegurar a presença de um invasor ou de outro código malicioso em um computador comprometido.

Worm: capaz de se propagar automaticamente pelas redes, explorando vulnerabilidades nos programas instalados e enviando cópias de si mesmo de computador para computador.

Bot: similar ao worm, possui mecanismos de comunicação com o invasor que permitem a ele ser remotamente controlado.

Botnet: rede formada por centenas ou milhares de computadores zumbis e que permite potencializar as ações danosas executadas pelos bots

Curiosidades na internet.

Novo vírus sequestra dados e exige pagamento; saiba como se proteger

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/39395/39395

(Foto: Reprodução)
 inShare21  Um novo vírus chamado Crypto Locker vem se espalhando por computadores de todo o mundo e, segundo a empresa de segurança GFIMAX, é considerado um dos mais perigosos para Windows. Também chamado de “vírus do resgate”, o código sequestra dados e mantêm os arquivos reféns até o pagamento de uma taxa. Empresas de portes variados têm sido as principais afetadas.

O Crypto Locker é disseminado por meio de e-mails cujos remetentes parecem acima de qualquer suspeita – bancos, correios, empresas de renome ou instituições de ensino. Mas, obviamente, não pertencem realmente a essas instituições. Quando o link é aberto, o computador é infectado e o vírus bloqueia todos os arquivos até que o resgate seja pago.

“Os vírus de resgate fazem com que os arquivos do seu computador fiquem inacessíveis e quando isso acontece você tem duas opções: recuperá-los caso tenha feito um backup recentemente ou pagar o resgate. O problema é que, muitas vezes, os hackers iniciam uma série de chantagens e cobranças. Caso se recuse a pagar, o usuário ou empresário perde todos os dados sequestrados” explica José Martins, gerente regional da GFIMAX.

Para proteger as informações confidenciais, o mais importante é garantir que elas sejam salvas em backups regulares e que os usuários da empresa sigam regras para abertura de e-mails e downloads de arquivos anexos.

“O vírus é enviado como imagens JPEG, PDF ou como arquivos do Microsoft Office”, explica Martins. “Depois de contaminado, o usuário tem cerca de 100 horas para pagar a taxa, que varia de US$100 a USS$700, para ter os arquivos descriptografados”.

Para pequenas empresas e aquelas que contam com assistência de TI terceirizada, uma boa opção são os serviços de gerenciamento remoto em nuvem, que já contam com antivírus, sistemas de backup e atualização de sistemas pré-programados.

O Crypto Locker não é o primeiro e não será o ultimo vírus a atacar usuários e empresas. Por isso, a GFIMAX  sugere três regra:

  • Sempre faça o backup periódico de qualquer informação disponível em seu computador que não possa ser perdida (pastas, documentos, imagens);
  • Evite abrir qualquer link no seu e-mail, pois pode ser um vírus, não importa quão confiável o remetente possa ser, evite. (Um método recente de disseminação de vírus utiliza o nome de um amigo para enviar e-mails contaminados);
  • Lembre-se: problemas no computador sempre acontecerão, é só uma questão de tempo. Seja por meio de um vírus de Crypto Locker, falha técnica ou outro incidente, nada em um computador é para sempre, portanto, faça a manutenção regular dos sistemas com aplicativos confiáveis.

Curiosidades na internet

Descoberto vírus que força Android a fazer ligações sozinho

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/39300/39300

A empresa de segurança Lookout descobriu um vírus para Android que é capaz de fazer ligações sem que o usuário perceba. É o MouaBad.p, descrito como evolução do Mouabad – que consegue controlar o envio de SMS.

O malware é inteligente a ponto de esperar momentos de inatividade para fazer as ligações; ele ainda identifica quando o usuário retoma o aparelho e interrompe a chamada para não ser descoberto.

A intenção é contatar números premium, gerando receita a quem controla o

. É a primeira vez que a empresa de segurança descobre um vírus com esse tipo de habilidade.

Mas há algumas falhas no sistema. Ele não consegue modificar os logs de chamadas, então o usuário pode descobrir a infecção conferindo o histórico. Além disso, ele só funciona em aparelhos com Android 3.1 ou inferior e só opera em algumas regiões da China – não se espera que o golpe seja expandido, uma vez que os números para ligações teriam de variar conforme a região.

Curiosidades na internet

Proteína de lagarta capaz de tratar sarampo é identificada no Brasil

Acesse:http://noticias.terra.com.br/ciencia/animais/proteina-de-lagarta-capaz-de-tratar-sarampo-e-identificada-no-brasil,0aaa4ef654be1410VgnCLD2000000dc6eb0aRCRD.html

Uma proteína extraída de uma lagarta por pesquisadores brasileiros se mostrou eficaz para combater o vírus do sarampo e o da gripe A (H1N1), informaram nesta quinta-feira fontes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Os cientistas do Instituto Butantã identificaram na hemolinfa (sangue dos insetos) da lagarta substâncias com alta potencialidade para combater os vírus, segundo comunicado da Fapesp, que financiou o estudo.

“Ainda não sabemos exatamente a composição química dessa substância, mas ela já demonstrou ter um grande potencial: reduziu em duas mil vezes a replicação do picornavírus (um parente do vírus da poliomielite) e em 750 vezes a do vírus do sarampo, além de ter neutralizado o H1N1”, garantiu o virólogo Ronaldo Zucatelli Mendonça, citado na nota da Fapesp.

O pesquisador admitiu que os dados são preliminares e que no final do trabalho será possível descobrir um poder de combate ainda maior.

A proteína identificada pelos cientistas foi extraída de uma lagarta da família Megalopygidae.

Segundo o especialista, diferentes estudos demonstraram que as substâncias presentes na hemolinfa dos insetos têm ação efetiva contra micro-organismos como vírus, bactérias e fungos.

Os profissionais do Instituto Butantan já tinham identificado uma proteína da Lonomia obliqua, uma lagarta da família Saturniidae, que, em testes de laboratório, mostrou ser capaz de reduzir em um milhão de vezes a replicação do vírus da herpes e em dez mil vezes a do vírus da rubéola.

A potencialidade da proteína da Lonomia obliqua foi destacada em um artigo científico publicado em 2012 na revista internacional “Antiviral Research” pelos próprios pesquisadores do Butantã.

Ambas as proteínas, segundo a pesquisa, demonstraram ter uma ação efetiva contra os vírus e serem capazes de promover a apoptose (morte celular programada) de células invasoras ou danificadas.

Esta última propriedade também as transforma em candidatas a matéria-prima para remédios contra o câncer, de acordo com a Fapesp.

Os pesquisadores já desenvolveram métodos para obter as proteínas em laboratório mediante técnicas genéticas que aumentam a escala de produção e simplificam o processo.

“O aproveitamento das substâncias na indústria ainda exige testes em animais e clínicos (com humanos) para verificar se as substâncias são seguras e eficazes e se o processo é viável economicamente”, garantiu o pesquisador.

As lagartas estudadas pelo Instituto Butantã estão entre as urticantes, que representam ameaça para a saúde humana devido à presença de cerdas em seu corpo que produzem um veneno que pode até levar à morte.

A instituição as utiliza, principalmente, para obter o veneno a partir do qual se produz um soro contra queimaduras.

Curiosidades na internet

Vírus faz celular tirar foto secreta a cada 2s e cria imagem 3D

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/10/121003_virus_celular_dg.shtml

Telefone AndroidVírus criado em laboratório afeta telefones que usam sistema Android

Um vírus para telefones celulares desenvolvido por pesquisadores de uma universidade tira fotos secretas, sem conhecimento do dono, a cada dois segundos e as envia a um servidor remoto, que monta uma imagem 3D do lugar onde ele está.

O vírus permite que uma pessoa possa ter um retrato detalhado do lugar onde o dono do telefone celular se encontra.

A tecnologia faz parte de um projeto da universidade americana de Indiana e do Naval Surface Warfare Center, órgão de pesquisa ligado à Marinha dos Estados Unidos.

O objetivo dos criadores do vírus PlaceRaider é mostrar que a tecnologia de “robô visual” já está ao alcance do mercado de telefonia celular, demonstrando um dos perigos aos quais os usuários estão expostos.

Documentos sigilosos

O PlaceRaider pode infectar telefones com sistema Android 2.3 ou superior. Ele fica escondido em outro aplicativo para o celular e é instalado automaticamente sem o conhecimento do dono do aparelho.

O vírus utiliza diversos dispositivos de “smartphones”, como a câmera de fotos e o sistema de localização.

“Através do uso completamente oportunista da câmara de telefone e outros sensores, o PaceRaider reconstrói modelos tridimensionais de ambientes”, afirma um estudo publicado pelos pesquisadores.

“Ladrões a distância podem então ‘baixar’ o espaço físico, estudar o ambiente cuidadosamente e roubar objetos virtuais deste ambiente (como documentos financeiros, informações em telas de computadores e imagens sigilosas).”

A imagem 3D permite que a pessoa que controla o vírus possa navegar pelo ambiente criado, em busca de dados comprometedores do dono do aparelho.

Os pesquisadores fizeram um teste com 20 estudantes voluntários, que instalaram o vírus em seus celulares. Nenhum deles conseguiu perceber quando o vírus estava registrando imagens detalhadas dos ambientes onde se encontravam.

Os autores dizem que qualquer especialista em tecnologia com “recursos modestos” poderia criar um aplicativo “cavalo de troia” semelhante ao desenvolvido no laboratório de Indiana. No entanto, eles ressaltam que não há nenhum indício de que algo semelhante tenha sido tentado.

Para especialistas ouvidos pela BBC, os usuários de smartphones não têm motivo especial para se preocupar com os resultados da pesquisa realizada nos Estados Unidos.

“Até onde sei, o problema de malwares (vírus) em dispositivos móveis é relativamente pequeno “, disse Amichai Shulman, da empresa de segurança online Imperva.

Já Jaime Blasco, da empresa espanhola de segurança online AlienVault, diz que o teste americano não passa de uma pesquisa sobre o problema. No entanto, ele alerta que o número de vírus para telefones celulares está crescendo fortemente nos últimos meses.

Curiosidades na internet

Vírus letal e desconhecido causa preocupação mundial

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/virus-letal-e-desconhecido-causa-preocupacao-mundial

Médicos do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, dos Estados Unidos, anunciaram por meio de uma publicação semanal, a grave preocupação por conta de existência de um desconhecido vírus que é violentamente letal para os seres humanos.

Este vírus, que tem parentesco com a Síndrome Respiratória Aguda Grave (da sigla SARS), surgiu no Oriente Médio e há rumores de que três casos na Grã-Bretanha. Das 14 pessoas que foram infectadas por este vírus, oito já morreram.

Os sintomas principais da doença são infecção respiratória aguda com febre, tosse e dificuldade para respirar. O vírus é transmitido de pessoa para a pessoa e não de animais, como foi inicialmente cogitado.
Vírus letal e desconhecido causa preocupação mundial

Os recentes casos fizeram com que os médicos norte-americanos fizessem um apelo à comunidade médica em geral para que se preste atenção especial ao pacientes que apresentarem uma infecção respiratória aparentemente sem explicação e que tenham viajado ao Oriente Médio recentemente. Os pesquisadores recomendam agir com rapidez para evitar uma propagação massiva deste vírus que a medicina ainda não sabe como combater

Curiosidades na internet

Carregador para celular protege contra vírus

Acesse http://olhardigital.uol.com.br/noticia/38062/38062

(Foto: reprodução)
Aplicativos contra malwares para smartphones já são comuns, mas um novo conceito de proteção contra estas pragas já está em desenvolvimento. Depois de ser provada a possibilidade de inserção de vírus conectando um carregador modificado no iPhone, uma empresa de segurança tenta fazer o oposto e vender um carregador que possa escanear e reparar o seu dispositivo contra softwares maliciosos.
A Kaprica Security criou o carregador “Skorpion” que, segundo ela, por estar separado do seu smartphone, ele é mais adequado para identificar o tipo de malware que está afetando o dispositivo e roubando seus dados.

Segundo o cofundador Doug Britton, o Skorpion é capaz de analisar os arquivos do sistema operacional sem depender do sistema, processador ou memória do aparelho para revelarem se o funcionamento foi ou não afetado. Desta forma, o Skorpion não seria vulnerável a malwares que podem enganar os antivírus comuns interceptando os resultados e avisando o software de que tudo está certo.

O produto é uma resposta ao aumento da distribuição de softwares maliciosos para celulares e tablets, principalmente no Android, onde há um menor controle sobre os apps publicados na Google Play Store do que no iOS.

A McAfee, em agosto deste ano, revelou em seu relatório trimestral que, em apenas metade do ano de 2013, identificou um número de malwares equivalentes a todo o ano de 2012. A maioria deles são trojans que roubam os dados do usuário ou capturam dados bancários quando a pessoa faz login.

O carregador deve começar a ser vendido ainda neste fim de ano ou no início do ano que vem, principalmente para empresas, por US$ 65, com uma assinatura mensal de US$ 3 a US$ 4.

Curiosidades na internet

 

Saiba tudo sobre a vacina contra dengue

Acesse:http://www.mundodastribos.com/saiba-tudo-sobre-a-vacina-contra-dengue.html

O Instituto Butantan já está recrutando voluntários para a primeira fase de testes da vacina contra dengue.

 

Os dias de vilania do Aedes aegyptipodem estar contados. Isto acontece porque pesquisadores brasileiros estão desenvolvendo uma vacina contra a dengue e que finalmente será testada em humanos.

658646 Saiba tudo sobre a vacina contra dengue 1 Saiba tudo sobre a vacina contra dengue

A VACINA CONTRA A DENGUE

O Instituto Butantan, em São Paulo, está desenvolvendo uma vacina contra a dengue  100%nacional. A dose é tetravalente, isto é, consegue imunizar o organismo contra quatro sorotipos do vírus.

A vacina contra a doença transmitida pelo Aedes aegypti  foi criada há mais de uma década pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. A transferência tecnológica para o Brasil aconteceu em 2006.

A vacina contra a dengue já foi testada em americanos voluntários. Os efeitos adversos apresentados pelas pessoas foram apenas dor no local e erupção cutânea.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Vírus disfarçado de mensagem de voz se espalha no WhatsApp

Acesse: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/38030/38030

(Foto: Reprodução)
 inShare5

Se você receber uma mensagem do WhatsApp dizendo “Você tem uma nova mensagem de voz”, “1 Nova Mensagem de Voz” ou “4 Nova Mensagens de Voz”, tome cuidado! Segundo a empresa de segurança digital Avira, isso pode ser um malware.

Em seu blog, a companhia explica que os falsos recados acompanham um botão “play” com link para a URL na qual o usuário deveria baixar a suposta mensagem de voz. No entanto, a vítima acaba baixando um Trojan Kuluoz A.27, conhecido por roubar senhas e outros dados privados em dispositivos infectados.

As mensagens de voz do WhatsApp podem ser reproduzidas dentro do próprio aplicativo. Não é necessário baixar nada por fontes externas. Então, fique atento e feche a mensagem caso você receba o recado pedindo para fazer o download em outro site.

Curiosidades na internet

Vírus em Smart TV alerta para risco da “Internet das coisas”

Acesse:http://idgnow.uol.com.br/mobilidade/2012/12/17/virus-em-smart-tv-alerta-para-risco-da-internet-das-coisas/

“Qualquer nova peça de tecnologia que se conecta à Internet é provavelmente suscetível a ataques”, diz especialista em segurança

A TV inteligente é tão inteligente quanto a pessoa que a controla. Então, se a pessoa no controle é um hacker, o proprietário pode ter problemas.

Os pesquisadores da empresa de consultoria de segurança ReVuln dizem que algumas smart TVs são vulneráveis a invasões. É outro exemplo do que especialistas dizem ser a expansão da “superfície de ataque” de dispositivos que tradicionalmente nunca navegaram na Internet, mas agora são “inteligentes”.

Os pesquisadores da empresa disseram ter encontrado uma vulnerabilidade em algumas smart TVs da Samsung, que permitiam acesso ao aparelho e a todas as unidades USB conectadas.

Eles postaram um vídeo intitulado “The TV is Watching You” (“A TV está observando você”, em tradução livre), que aparece em uma série de sites de fornecedores de segurança, incluindo o da Kaspersky. O vídeo não possui narração e mostra os pesquisadores acessando as configurações da TV e listas de canais, contas SecureStorage, widgets e suas configurações, histórico de filmes USB, ID do dispositivo, firmware, partições inteiras e quaisquer drives de USB conectados.

Eles também foram capazes de recuperar a imagem da unidade, montá-la localmente e verificar informações como nomes de usuários, senhas, informações financeiras ou qualquer outro tipo de material dos drives USB.

Luigi Auriemma, da ReVuln, disse ao IDG News Service que os crackers podem até mesmo usar a webcam e o microfone integrados para “vigiar” a vítima. E ele disse que o problema não se limita ao único modelo que a ReVuln testou. “A vulnerabilidade afeta vários modelos e gerações de dispositivos produzidos pela fabricante e não apenas o modelo específico testado em nosso laboratório”, disse o relatório.

A Samsung não comentou sobre o assunto, mas a ReVuln enviou um comunicado dizendo que não há nenhuma atualização de firmware ainda, “já que os detalhes sobre esta vulnerabilidade não foram compartilhados com o fornecedor”. O comunicado acrescenta que a ReVuln testou apenas televisores Samsung, mas disse: “acreditamos que outras marcas de TV podem ser afetadas por problemas semelhantes”.

Continue lendo… clique aqui…

Curiosidades na internet

Cuidado: malware escondido em vídeo no Facebook infecta mais de 800 mil pessoas

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/facebook/Malware-escondido-em-video-de-amigos-no-Facebook-infecta-mais-de-800-mil-pessoas/

malware

Pesquisadores de uma empresa de segurança digital italiana alertaram que um software malicioso está circulando pelo Facebook disfarçado como um vídeo. O malware é capaz de invadir os navegadores e sequestrar contas de usuários.

O usuário recebe um e-mail, ou uma mensagem no próprio Facebook, dizendo que ele foi marcado em um post na rede social. A tal mensagem vem acompanhada de um link malicioso, que ao ser clicado direciona o usuário para um site que solicita o download de uma extensão ou plugin do navegador Chrome para assistir o suposto vídeo em que o usuário foi marcado.

Após o download, os criminosos terão acesso a todos os dados armazenados no navegador onde o plugin foi instalado, incluindo contas com senhas salvas. Muitas pessoas têm o hábito de salvar dados de login do e-mail, Facebook, Twitter e afins em seus navegadores para facilitar a vida, mas é exatamente aí que os golpistas conseguem as informações que desejam para acessar as contas.

Um dos pesquisadores responsáveis pela descoberta, Carlo De Micheli, disse em entrevista ao The New York Times que o software malicioso está se espalhando a uma velocidade impressionante de 40 mil ataques por hora, e até agora já afetou mais de 800 mil pessoas que utilizam o Google Chrome.

O sequestro de contas do Facebook permite que o malware se replique rapidamente, já que quando um amigo marca outro em determinado post, dificilmente existe algum tipo de desconfiança. E, para piorar, um usuário atingido tem alguma dificuldade para remover a ameaça de seu navegador, uma vez que ele bloqueia o acesso às configurações do browser infectado – que permitem que ele seja removido – e também impossibilita o acesso a muitos sites que oferecem software de remoção de vírus.

O Google, responsável pelo Chrome, foi procurado pelo NYT e disse que a empresa já estava ciente do ataque e que já havia desativado as extensões do navegador que permitiam a infecção. Veronica Navarrete, uma porta-voz do gigante da web, disse que sempre que itens contendo malware são detectados, logo são retirados da Chrome Web Store.

O Facebook também disse que seus sistemas de segurança já haviam detectado o ataque e que sua equipe estava trabalhando para limpar os links maliciosos da rede social. “Acreditamos que apenas uma pequena porcentagem de nossos usuários foi afetada por esse problema, e atualmente estamos trabalhando para garantir que eles já removeram a extensão maliciosa”, disse Michael Kirkland, porta-voz do Facebook.

Curiosidades na internet

Sete vacinas que os adultos precisam tomar

Acesse:http://www.minhavida.com.br/saude/galerias/12814-sete-vacinas-que-os-adultos-precisam-tomar

Sarampo, pneumonia e outras doenças prejudicam a imunidade mesmo na idade adulta

Na hora de cuidar da própria saúde, muitos adultos negligenciam as campanhas de vacinação. Em todas as fases de nossa vida, porém, estamos suscetíveis a infecções por vírus e bactérias que, se não tratadas, podem causar muitos problemas.

As doenças crônicas que se manifestam mais na vida adulta são fortes indicadores de que o individuo precisa se vacinar. “As pessoas que estão em grupos de risco, como as pessoas com mais de 60 anos ou aquelas que têm doenças crônicas, devem sempre estar informadas sobre a vacinação”, diz o infectologista Paulo Olzon, da Unifesp.

Existem vacinas tanto para bactérias como para vírus. “No primeiro caso, a vacinação é feita para controlar surtos epidemiológicos e, para o caso dos vírus, a imunização normalmente dura a vida toda, sendo necessárias apenas algumas doses de reforço para garantir que a doença não vai mais voltar”, diz Paulo Olzon. Confira sete tipos que merecem estar na sua carteira de vacinação.Vacina contra tétano - Foto: Getty ImagesHomem com sarampo - Foto: Getty ImagesImagem de fígado no corpo humano - Foto: Getty ImagesHomem tossindo com pneumonia - Foto: Getty ImagesMosquito da febre amarela é o mesmo da dengue - Foto: Getty ImagesPessoa com febre, um dos sintomas da gripe - Foto: Getty ImagesVacina contra HPV não dispensa o uso de camisinha - Foto: Getty Images

1 DE 7

Vacina contra tétano - Foto: Getty Images

Vacina dupla tipo adulto – para difteria e tétano

A difteria é causada por uma bactéria, que é contraída pelo contato com secreções de pessoas infectadas. Ela afeta o sistema respiratório, causa febres e dores de cabeça, em casos graves, pode evoluir para uma inflamação no coração.

A toxina da bactéria causadora do tétano compromete os músculos e leva a espasmos involuntários. A musculatura respiratória é uma das mais comprometidas pelo tétano. Se a doença não for tratada precocemente, pode haver uma parada respiratória devido ao comprometimento do diafragma, músculo responsável por boa parte da respiração, levando a morte. Ferir o pé com prego enferrujado que está no chão é uma das formas mais conhecidas do contágio do tétano.

A primeira parte da vacinação contra difteria e tétano é feita em três doses, com intervalo de dois meses. Geralmente, essas três doses são tomadas na infância. Então confira a sua carteira de vacinação para certificar-se se a vacinação está em ordem. Depois delas, o reforço deve ser feito a cada dez anos para que a imunização continue eficaz. É nesse momento que os adultos cometem um erro, deixando a vacina de lado

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Caixa inicia hoje pagamento do PIS 2013/2014 aos trabalhadores com direito a saque

Acesse:http://www.consultaropis.com/2013/07/caixa-inicia-hoje-pagamento-do-pis.html

calendário do PIS 2013, Pagamento PIS 2013, PIS 2013
.
A Caixa Econômica Federal iniciou neste dia 23 de julho o pagamento do abono salarial do PIS 2013/2014 (Programa de Integração Social) aos trabalhadores com direito a saque e que tenham conta conta corrente ou poupança.
.
O pagamento vai até 30 de junho de 2014.
.
19,4 milhões de trabalhadores terão direito ao abono salarial, e mais de 26,5 milhões poderão receber os rendimentos do PIS. Hoje, o benefício está disponível para trabalhadores que têm conta corrente ou poupança na Caixa.
 .
Segundo o banco, empresas conveniadas ao Caixa PIS-Empresa creditam o benefício diretamente na folha de pagamento dos meses de julho ou agosto. Os demais beneficiários poderão sacar os abonos e rendimentos do PIS a partir de 13 de agosto, conforme calendário de pagamento (link abaixo), ordenado pelo mês de nascimento do trabalhador.
Caixa PIS 2013
De acordo com a Caixa, há mais de 120 mil estabelecimentos credenciados, em um total de R$ 1,38 bilhão em benefícios creditado diretamente na folha de pagamento dos trabalhadores. Com o crédito em conta, são atendidos mais de 10 milhões de trabalhadores que têm conta corrente ou poupança na Caixa.
Para quem não tem conta na Caixa o saque começa a partir de 13 de agosto de acordo com calendário de pagamento, neste caso o saque poderá ser feito com o Cartão do Cidadão e a senha, nos terminais de autoatendimento, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui ou nas agências do banco.
O valor do abono salarial corresponde a um salário mínimo R$ 678,00 . Os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta PIS vinculada ao trabalhador. Quando o trabalhador não saca os rendimentos do PIS, ele não perde o benefício, pois os valores retornam para a sua conta de participação. No caso do abono salarial, o valor não sacado dentro do prazo estipulado retorna para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
A Caixa encerrou o exercício 2012/2013 com mais de R$ 11,4 bilhões em pagamentos de abonos e rendimentos do PIS. Dos trabalhadores com direito ao abono salarial, 95,8% efetuaram o saque do benefício, num total de R$ 10,8 bilhões em abonos retirados. Os rendimentos do PIS, por sua vez, foram sacados por mais de 13 milhões de trabalhadores, totalizando cerca de R$ 612 milhões pagos até junho de 2013.

Direito ao abono do PIS 2013/2014

Têm direito ao abono os trabalhadores cadastrados no PIS até 2008 (cinco anos de cadastramento) e que tenham trabalhado no mínimo 30 dias, consecutivos ou não, no ano de 2012, com carteira de trabalho assinada por empresa. Além disso, é preciso ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais e os dados informados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho e Emprego na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do ano-base 2012 devem estar corretos.

Direito ao Rendimento do PIS

Tem direito ao saque o trabalhador que foi cadastrado no PIS-Pasep até 4 de outubro de 1988 e que tenha saldo na conta PIS. O pagamento obedece ao mesmo calendário do abono salarial.

Direito ao Saldo de quotas do PIS

Atualmente é permitido o saque de quotas da conta PIS ao trabalhador que apresentar algum dos motivos previstos em lei: aposentadoria, invalidez permanente ou reforma militar, idade igual ou superior a 70 anos, transferência de militar para a reserva remunerada, titular ou dependente portador do vírus HIV (Aids) ou de neoplasia malígna (câncer), morte do titular, ou ainda, benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência e ao idoso.

Consulta ao PIS, rendimento ou saldo de quotas

Para saber se tem direito ao abono salarial ou aos rendimentos do PIS, o trabalhador pode consultar a página da Caixa na internet (consultar PIS pela internet) ou entrar em contato pelo Canal de Atendimento ao Cidadão, pelo número 0800 726 0207. Ao ligar para o canal, o trabalhador deve sempre ter em mãos o número do seu PIS. A consulta poderá ser efetuada 24 horas por dia, inclusive nos finais de semana

Curiosidades na internet

Vacina quadrivalente contra HPV estará disponível na rede pública em 2014

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2013/07/1304279-vacina-quadrivalente-contra-hpv-estara-disponivel-na-rede-publica-em-2014.shtml

O Ministério da Saúde anunciou, nesta segunda-feira (1º), a oferta da vacina quadrivalente contra o HPV na rede pública de saúde. Em 2014, serão vacinadas meninas de 10 e 11 anos.

Hoje essa vacina está disponível, no país, apenas na rede privada (ao custo médio de R$ 300 a dose) e em algumas localidades em que o poder público local optou por oferecê-la –por exemplo, no Distrito Federal e em São Francisco do Conde (BA).

O vírus do HPV está relacionado a diversos tipos de câncer, mas principalmente ao câncer de colo do útero (em 95% dos casos) e ao aparecimento de verrugas genitais. Estima-se que 685 mil pessoas sejam infectadas pelo HPV a cada ano no Brasil.

Hoje, o ministério concluiu um processo de dois anos de análise sobre a incorporação dessa vacina e anunciou a opção feita pelo Brasil. A escolha foi pela vacina quadrivalente (da americana MSD), com transferência de tecnologia para o Instituto Butantan (SP).

Só em 2014, com a aquisição de 12 milhões de doses (serão três por menina), o Executivo gastará R$ 360,7 milhões –R$ 30 por dose. Outros R$ 300 milhões serão investidos por governo federal, Butantan e governo de São Paulo em uma nova fábrica de produção da vacina.

Editoria de Arte/Editoria de Arte/Folhapress

MENINAS DE 10 ANOS

A meta do Ministério da Saúde será cobrir pelo menos 80% do público-alvo, estimado em 3,3 milhões de meninas. Para tanto, uma campanha de informação deve ter início já no segundo semestre desse ano, com foco não só nas meninas mas também em professores e suas famílias.

O governo escolheu a faixa etária 10 e 11 anos para garantir que as meninas estejam imunizadas antes do início de qualquer tipo de atividade sexual. Isso porque o vírus do HPV pode ser transmitido por diversas formas de contato íntimo, mesmo sem que haja uma relação sexual de fato.

Segundo Jarbas Barbosa, secretário de vigilância em saúde da pasta, uma pesquisa feita em 2012 com estudantes identificou que 18,3% das meninas da 9ª série do ensino fundamental (13 a 15 anos) já tinham tido relações sexuais, índice que subia para 25,5% na região Norte.

Uma das preocupações do governo, que deve ser alvo da campanha de informação, é fazer com que as meninas e suas famílias entendam que, mesmo após a vacina, continua sendo necessário o uso da camisinha e as idas frequentes ao ginecologista.

“A menina não pode ficar com a ilusão que a vacinação dispensa a camisinha. A vacina não protege contra HIV, contra a gravidez indesejada. Além disso, protege para a maior proporção dos tipos de câncer, mas não protege 100%”, diz Barbosa.

Segundo ele, estima-se que a vacina tenha efetividade acima de 90% na proteção do câncer –o que só poderá ser comprovado nas próximas décadas, já que o câncer leva muitos anos para se desenvolver.

Barbosa afirmou que a pasta ainda estuda a oferta dessa vacina para meninos, o que pode ocorrer no futuro.

E, mesmo sem vacinar todos os adolescentes do país, a vacina deverá oferecer uma proteção “de rebanho” por diminuir o potencial espaço de circulação do vírus, explica o ministério. “Os Estados Unidos vacinaram 35% das meninas. Mesmo assim, um estudo publicado há duas semanas mostrou que a prevalência do HPV teve redução de 52%”, afirma Barbosa.

DOSES NA ESCOLA E NO POSTO

O ministério vai adotar um modelo que mistura a oferta da vacina nas escolas (públicas e privadas) e nos postos de saúde. A ideia é que a primeira dose seja oferecida nas escolas e as seguintes nos postos ou nas escolas, a depender da organização do município.

Em todos os casos, deverá haver uma autorização dos pais ou responsáveis pela menina.

Esse esquema de vacinação deverá ser acompanhado por um novo sistema de contabilidade do governo, que levará em conta a pessoa em que se aplica a vacina e não o número de doses dadas. Assim, diz o secretário, o ministério poderá ter um controle individual sobre as doses aplicadas e controlar melhor eventuais falhas na segunda e terceira doses –e até enviar SMS para a família comparecer ao posto.

A vacina escolhida pelo governo brasileiro foi a da empresa americana MSD. Ela protege contra quatro subtipos do vírus, dois relacionados ao câncer e dois a verrugas genitais. O laboratório testa a ampliação dessa vacina para que ela proteja contra nove subtipos.

“Estamos oferecendo a melhor vacina para o HPV, e já temos compromissos de transferência da nonavalente”, afirmou o ministro da Saúde Alexandre Padilha.

Curiosidades na internet

Surge novo vírus que não pode ser detectado no Windows

Acesse:http://www.techmestre.com/surge-novo-virus-que-nao-pode-ser-detectado-no-windows.html

Empresa de segurança está trabalhando para tentar descobrir maneira de eliminar malware.

A Symantec, desenvolvedora do famoso Norton, descobriu um novo malware que usa recursos de encriptação do Windows para que não se consiga detectá-lo. O backdoor Tranwos utiliza o EFS (Encrypting File System) do sistema operacional da Microsoft para evitar que seus dados sejam descobertos pelas varreduras.
.
O vírus cria uma pasta com um nome específico, que faz com que o SO entenda como uma pasta de dados encriptados. Assim ele deixa de ser acessível ao antivírus, e começa a danificar as máquinas por onde estiver infectado.
.
Agora os especialistas da Symantec estão trabalhando em uma maneira para conseguirem eliminar o malware.
Surge novo vírus que não pode ser detectado no Windows

Curiosidades na internet

Vírus de falso vídeo rouba conta dos usuários e se espalha pelo Facebook

Acesse:http://www.techmestre.com/virus-de-falso-video-rouba-conta-dos-usuarios-e-se-espalha-pelo-facebook.html

 Suposto link é enviado pelo chat da rede social aos amigos e captura informações de login dos internautas.

Nesta segunda-feira (3), a McAfee, empresa especializada em segurança virtual, publicou um relatório alertando os internautas sobre o vírus Koobface. Este é capaz de roubar as contas dos usuários no Facebook, e tem se espalhado cada vez mais rápido pela rede social.

O vírus envia mensagens aos amigos da vítima, e pede para que eles cliquem em um suposto link de um vídeo. Caso a pessoa realize tal ação, o malware executa um programa no computador, o qual diz ser necessário atualizar o reprodutor de vídeo da máquina. Se a pessoa aceitar a solicitação a conta da mesma no Facebook é perdida.

Segundo a McAfee, o Koobface se espalha desde 2008, retornando com mais força neste ano. O próprio Facebook já tomou conhecimento da praga virtual, e no ano passado chegou a investir cerca de R$ 500 mil para que a Universidade do Alabama, em Birmigham, realizasse pesquisas a fim de saná-lo da rede social.

Vírus de link para falso vídeo rouba conta dos usuários no Facebook

“A ressurreição do Koobface nos lembra que redes sociais continuam sendo uma grande oportunidade para roubar informações pessoais”, diz Vincent Weafer, vice-presidente sênior do McAfee Labs.

Curiosidades na internet

Novo vírus ataca usuários do Skype enviando mensagens em português

Acesse:http://www.techmestre.com/novo-virus-ataca-usuarios-do-skype-enviando-mensagens-em-portugues.html

 Malware emite mensagens se referindo a uma suposta fotografia da vítima.
O Skype vêm sendo alvo dos cibercriminosos após o fim do MSN. De acordo com a empresa de segurança Kaspersky, um novo vírus foi encontrado na semana passada dentro do comunicador instantâneo. Este malware emite mensagens em português.
.
 “O tema pode variar, mas sempre irá se referir a uma suposta foto. Para tornar a mensagem menos suspeita, os links poderão ter no final o ID da conta do usuário no Skype, seguido de um emoticon”, disse o analista sênior Fábio Assolini.
.
A mensagem original diz: “esta é uma foto muito legal da sua parte”, mas existe outra frase trazida pela nova versão que diz: “você olhar hilariante nesta foto”, com um claro erro de português.
.
O vírus, depois de instalado, solicita ao usuário uma permissão para utilizar o Skype. O computador infectado fica então nas mãos dos cibercriminosos, que poderão assim realizar diversos ataques sobre ela. A ação deste chamado worm tem se generalizado principalmente em países como Rússia, Alemanha, Polônia, Ucrânia e Brasil.
Novo vírus ataca usuários do Skype enviando mensagens em português
Curiosidades na internet

Novo vírus dentro do Skype se espalha com velocidade inimaginável

Acesse:http://www.techmestre.com/novo-virus-dentro-do-skype-se-espalha-com-velocidade-inimaginavel.html

Malware já atingiu mais de 300 mil pessoas pelo mundo – 80 mil vítimas são da América Latina.

Um novo vírus online que está se espalhando pelo Skype desde segunda-feira (20) já atingiu 300 mil pessoas ao redor do mundo. Desse número, 80 mil foram vítimas dentro da América Latina, de acordo com relatório da empresa de segurança ESET.
.
A praga virtual se apresenta como Worm (programa malicioso), e se comporta de forma semelhante ao Worm Win32/Kryptik.BBKB, apresentando uma velocidade de disseminação fora dos padrões para esse tipo de ameaça.
.
O Worm vem se espalhando através de textos relacionados a fotos no Skype, com endereços encurtados usando a ferramenta do Google (goo.gl). Apesar da empresa de segurança ter identificado o malware, ainda não há informações dos prejuízos que ele pode causar.
Novo vírus que ataca pelo Skype atinge mais de 300 mil pessoas no mundo
O internauta deve evitar encurtar textos pela plataforma do Google. “Temos motivos para pensar que são novas versões de uma ameaça que começou a circular em março deste ano e também estamos confirmando que novas variantes se propagam pelo Gtalk, o chat do Google”, informa o gerente de Educação e Serviços da ESET América Latina, Sebastián Bortnik. “Não é normal ver ameaças que se propaguem na velocidade desse Worm”, finaliza ele.

Curiosidades na internet

Novo vírus começa a se proliferar por contas de e-mail

Acesse:http://www.techmestre.com/novo-virus-comeca-a-se-proliferar-por-contas-de-e-mail.html

Malware começou a circular esta semana – vítimas devem alterar dados cadastrados em suas contas.

Um vírus diferente começou a circular esta semana na internet. O malware atinge e-mails dos usuários, espalhando links que prometem levar o usuário para uma fotografia. Só que, ao clicar na URL, o usuário começa a enviar mensagens para seus contatos, disseminando ainda mais o vírus.
.
É importante tomar cuidado com e-mails desconhecidos, evitando clicar em links ou conteúdos estranhos. Caso você tenha caído na armadilha, altere o quanto antes seus dados cadastrados na conta de e-mail para evitar que ela seja usada por terceiros.
.
O analista de malware da Kaspersky Lab, Fabio Assolini, indica que o malware seja de fora do país, já que apresenta mensagem em inglês. Ele ainda diz que o link em questão termina com um ponto de interrogação, e traz uma URL derivada de um site de encurtador de links (fru.ly).
.
novo virus se prolifera por contas de email
Curiosidades na internet

Vírus se disfarça de WinRar para roubar dados bancários de internautas brasileiros

Acesse:http://www.techmestre.com/virus-se-disfarca-de-winrar-para-roubar-dados-bancarios-de-internautas-brasileiros.html

Malware é fornecido em domínio que alterna horário para distribuir link malicioso.

A Kaspersky Lab identificou um novo cavalo de troia desenvolvido por cibercriminosos brasileiros. O malware identificado como Trojan.Win32.ProxyChanger.bd aparece disfarçado de instalador do WinRar, a fim de buscar informações bancárias dos usuários.Depois que é instalado, ele cria redirecionamentos de páginas bancárias para roubar credenciais financeiras do internauta. O mesmo método já havia aparecido usando falsos instaladores do MSN Messenger.

O domínio rarlab.com é usado durante boa parte do dia oferecendo o link para o instalador legítimo do WinRar. Em determinado período, o link é trocado, fazendo com que as vítimas baixem o malware.

Este realiza pequenas alterações no proxy dos navegadores Internet Explorer e Mozilla Firefox, o que gera o redirecionamento dos usuários para falsas páginas de bancos. Até o momento todas as vítimas identificadas são brasileiras.

Curiosidades na internet

Novo vírus tenta roubar contas do Facebook

Acesse:http://www.techmestre.com/novo-virus-tenta-roubar-contas-do-facebook.html

Malware é capaz de curtir, compartilhar e publicar mensagens ofensivas em português.

No último final de semana, a Microsoft divulgou um novo tipo de malware que tenta “roubar” contas do Facebook. Ele foi detectado pela primeira vez no Brasil, e é conhecido como Trojan: JS/Febipos.A.

O vírus se apresenta como uma extensão aos navegadores Firefox, da Mozilla, e Chrome, do Google. Assim que ele é instalado no browser, monitora a utilização do Facebook e, caso o internauta se conecte à rede social, detecta seus dados de acesso à mesma.

Ele ainda tenta baixar outro arquivo de configuração, o qual traz uma lista de comandos remotos para a extensão. O Trojan é capaz de realizar diversas medidas na conta do usuário no Facebook, como curtir páginas, compartilhar conteúdos e até mesmo publicar mensagens ofensivas na rede.

É recomendado manter os softwares de antivírus atualizados no computador. Além disso, verifique as extensões instaladas em seu navegador e remova aquelas que não conhecer.

Curiosidades na internet

Como aumentar a velocidade da internet

Acesse: http://www.oficinadanet.com.br/post/8564-como-aumentar-a-velocidade-da-internet

Veja dicas para aumentar a velocidade da internet. São 11 dicas que ajudam a melhorar a performance da internet banda larga. Tenho certeza que muitas pessoas sonham em aumentar a velocidade da internet, seja ela em casa ou no trabalho.

Tenho certeza que muitas pessoas sonham em aumentar a velocidade da internet , seja ela em casa ou no trabalho. Tem dias que parece que a conexão está realmente parada, que as páginas não abrem, que os arquivos não baixam, enfim, uma lentidão total. Fique sabendo que este problema não é exclusivamente seu, muitos usuários sofrem com a lentidão da internet.

Atualmente, as operadoras oferecem planos com conexão mais rápida, porém, nem todos conseguem acompanhar o serviço, já que, ele costuma ser mais caro. Porém, fique sabendo que há alternativas para fazer com que sua conexão fique mais rápida e que seus arquivos sejam baixados de forma mais veloz.

Para você ter uma internet mais rápida, vale a pena conferir as dicas abaixo:

1) Observe o plano de sua operadora: Em primeiro lugar, você deve verificar qual plano possui. Este é o primeiro passo para saber se a velocidade de internet contratada está de acordo com a velocidade que está sendo usada. Por exemplo, se uma operadora oferece um plano de 10 “megas”, é necessário saber se estão ofertando megabits (Mb), e não megabytes (MB). Para entender melhor, 1 byte equivale a 8 bits, isso significa que, se o usuário possui internet de 10 “megas”, ele irá realizar uma transferência de velocidade aproximada de um oitavo desse valor, ou seja, aproximadamente 1250 KBps (kilobytes por segundo).

Existem vários sites que lhe informam a quantas anda a velocidade da sua conexão. Um dos mais conhecidos é o SpeedTest, site gratuito que lhe informa o máximo de velocidade de download e upload de sua conexão, além do ping.

2) Cuide bem do seu navegador: Só podemos ter acesso a páginas na internet através dos navegadores, porém, poucos lembram que é necessário mantê-lo em ordem também. Em primeiro lugar descubra qual é o melhor para você, qual se adequa melhor para as suas necessidades; escolhido isso, mantenha ele sempre atualizado. A maioria dos navegadores realizam a sua atualização automática. Outra dica importante no manuseio do navegador é quanto a sua limpeza, ele precisa estar sempre “leve” para poder acessar as páginas com maior rapidez. Por isso, é necessário fazer sempre que possível uma limpeza nele. Ao acessar qualquer site, o programa armazena no seu computador informações e também arquivos presentes nas páginas. Porém, quando há um número elevado desse tipo de arquivo o navegador costuma ficar mais pesado e assim, dificultar a navegação de páginas novas. Então, não esqueça de realizar uma faxina no seu browser.

Para realizar a limpeza, veja os passos abaixo:

  • Internet Explorer: Acesse “Ferramentas”-“Opções da Internet”. Na aba “Geral”, em “Histórico de”, clique em “Configurações”.
  • Firefox: Acesse “Ferramentas”-“Opções”. No ícone “Privacidade”, defina como o navegador deve gerenciar histórico e arquivos temporários.
  • Chrome: Acesse o botão de personalização situado ao lado da Barra de endereços e clique em “Opções”. Em “Configurações avançadas”, clique em “Configurações de conteúdo” para gerenciar cookies e outros.
  • Opera: Acesse o menu “Configurações”-“Preferências”. Em “Avançado”, localize as opções de histórico e cookies entre os menus à esquerda.

Caso queira, você pode baixar um programa que limpe o computador e os dados do navegador. O mais elogiado é o CCleaner. Há opções específicas para limpeza do navegador que você usa, seja ele Explorer, Firefox, Chrome, dentre outros.

3) Cuidado com o número de abas abertas no seu navegador: Se você é daquelas pessoas que, como eu, não sabe navegar na internet sem estar com várias janelas abertas, já deve ter levado bronca de alguém, certo? Pois bem, já levei várias, mas não perco o costume de ter várias coisas abertas ao mesmo tempo. Se for o seu caso também, prefira deixar apenas abas abertas, nunca várias janelas. Mas claro, não exagere no número, sua velocidade pode ficar comprometida mesmo assim. Quanto maior o número de abas, mais recursos são utilizados e mais lento é o funcionamento.

4) Não instale muitos plugins: Os plugins que são possíveis instalar no computador podem ser muito úteis e facilitar nossa vida, mas tenha em mente que instalar um grande número de complementos pode prejudicar a velocidade de sua conexão. Existe também a possibilidade de dois aplicativos criarem conflito um com o outro e prejudicar o navegador. Veja quais plugins são realmente necessários e mantenha um controle de suas instalações, além de mantê-los sempre atualizados.

5) Experimente os aceleradores de navegação: Os aceleradores de navegação prometem uma navegação mais rápida, para tanto, não é o que muitos acreditam. Esses aplicativos costumam funcionar melhor quando a internet é muito lenta, em uma conexão mais rápida, o processo é praticamente nulo.  Isso porque o trabalho desses programas consiste em fazer pequenas alterações no navegador, principalmente relacionadas ao tamanho dos arquivos que precisam ser baixados. O software também salva pequenos pedaços do site para que, no futuro, caso o site não tenha sofrido uma alteração muito grande, ele seja carregado mais rapidamente.

Assim, se você quiser experimentar alguns dele, fique a vontade. Como dissemos, não há garantias, mas também não há danos. Os mais conhecidos aceleradores de navegação são o Ashampoo Internet Accelerator, Network Cable e ADSL Speed e o Simple Net Speed.

6) Conheça os aceleradores de download: Os downloads geralmente causam uma dor de cabeça imensa para quem não tem uma internet muito veloz, não é verdade? Sempre tem aquele arquivo, filme, música, etc, que queremos “para ontem” e nada de baixar. Então, se quiser, pode experimentar um dos programinhas que prometem otimizar  a velocidade do download.  Os aceleradores costumam “quebrar” o arquivo que será baixado e assim, cada parte fica mais leve e consequentemente, levará menos tempo para a conclusão.

Os mais conhecidos aceleradores de download são o Orbit Downloader, Download Accelerator Plus, Free Download Manager, Puxa Rápido e FlashGet.

7) Visualização de vídeos: Ver vídeos realmente é uma tortura para quem não tem uma boa conexão. O vídeo começa, logo, pára…. E assim continua até o seu carregamento total, que demora um século. Pois bem, para que você não tenha receio de clicar no play, poderá usar um programa que é capaz de acelerar o carregamento do vídeo. O Biwifi é uma boa opção para isso. Também existe um muito interessante chamado SpeedBit Video Accelerator.

8) Fragmentação do HD: Você já deve ter desfragmentado o HD alguma vez, certo? Se não, é bom pensar nisso. Quanto mais fragmentado for o computador, mais tempo leva para “juntar” os fragmentos dos programas. Consequentemente, mais tempo para ser executado. Tome o cuidado de deixar sempre o seu HD desfragmentado. Assim, você verá que o desempenho da internet também irá melhorar.

9) Memória sobrecarregada: O sobrecarrego da memória RAM não deixa apenas o seu computador lerdo, mas também a velocidade da internet. Assim, é primordial não usar vários programas ao mesmo tempo. Tenha sempre aberto os principais, apenas aqueles que você realmente precisa usar naquele momento.

10) Mantenha seus equipamentos sempre atualizados: Se você tem uma boa conexão de internet, já fez todos os testes necessários e está tudo OK, pode ser que o problema esteja ligado aos equipamentos que rodeiam a sua máquina. Por exemplo, caso você faça uso de roteador, é necessário verificar se ele suporta a velocidade da sua banda, além do mais, o firmware dele precisa estar sempre atualizado. Da mesma forma acontece com o seu computador, ele precisa estar de acordo para receber uma internet de boa qualidade, do contrário, não conseguirá suportar a velocidade a qual você contratou.

11) Resetando o modem: Talvez, um ato muito simples poderá melhorar e muito a velocidade da sua conexão. Tire a tomada do seu modem e o deixe desligado por um minuto, após, ligue seu equipamento normalmente. Caso este seja o problema, a mudança será imediata.

12) Fique atento a sua fiação: Para ter uma boa velocidade de conexão é necessário também que a fiação esteja toda em ordem. Por isso, cabos velhos e mal instalados podem prejudicar e muito a sua conexão. No caso do ADSL, o melhor a fazer é colocar um único filtro para todos os telefones e tenha um cabo exclusivo para o computador. Aterramento correto da fiação da sua casa também pode fazer diferença, os fios elétricos podem causar ruídos na linha.

13) Cuidado com os vírus! Um cuidado que precisa ser diário, é o monitoramento da entrada de vírus e malwares. Além de poder causar sérios danos a sua máquina, como também na vida particular (como roubo de senhas, informações pessoais, etc), eles podem ser os responsáveis por estar deixando o seu computador, de modo geral, lento.Por isso, sempre tenha um antivírus bom e atualizado. Não deixe que esse incômodo acabe atrapalhando a sua conexão.

Todas estas dicas são coisas que podem melhorar sua velocidade de internet. São dicas que ajudam pouco, mas ajudam. Não pense que vai ganhar megabites de velocidade, o que pode acontecer e deixar de perder alguns Kbs de tráfego e melhorar o tempo de resposta da internet, o que já ajuda bastante.

Aumentar a velocidade da internet no Windows

Etapa 1 – Vá ao menu do windows, procure acessórios na parte superior do menu, e aperte em executar. (caso tenha dificuldade de achar, pressione Alt Gr + Ctrl + Del, no gerenciador de tarefas do windows, aperte Nova Tarefa).

Etapa 2 – Quando já estiver aberto digite o seguinte atalho “gpedit.msc”

Etapa 3 – Irá abrir uma janela do windows, com o nome de Editor de Políticas de Grupo Local, terá uma hierarquia de pastas, procure por Modelos Administrativos,na mesma irá abrir uma nova hierarquia de grupos, aperte em REDE(localizado abaixo da pasta painel de controle), nessa pasta procure por Agendador de pacotes Qos, e dentro desta pasta selecione a opção Limitar largura de banda larga reservada.

Etapa 4 – Na ultima e mais rápida etapa, iremos selecionar a opção Activado na janela do windows, e mudar o limite da banda larga para 0, agora é só aplicar as mudanças.

Use um navegador mais rápido

Se você usa o Internet Explorer pode estar tendo dificuldades em navegar. O fato disto é por que ele demora para processar todas as informações das páginas. O aconselhável é utilizar o navegador Chrome, que além de ser muito mais rápido também é muito mais seguro. Nossa seção de downloads fornece o download do Google Chrome.

Bom, acima algumas dicas para melhorar a velocidade de conexão da sua internet. Caso nenhuma das opções surta efeito, o melhor mesmo é contatar o seu provedor e assim, eles enviarão um técnico para avaliar o caso. Espero ter colaborado! E, boa navegação!

Curiosidades na internet

Como se prevenir do vírus que altera boletos bancários

Acesse:http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2013/04/como-se-prevenir-do-virus-que-altera-boletos-bancarios.html

Recentemente, foi divulgado um novo tipo de vírus que altera boletos bancários e faz com que, ao invés de pagar suas contas, o usuário transfira dinheiro para contas de criminosos virtuais. Por isso, o TechTudo entrevistou os especialistas em segurança online Jefferson Pita e Ícaro Martins, da Kinetics Mobile e, com as dicas deles, preparamos um tutorial para te ajudar a se prevenir deste tipo de malware.

Entenda o novo vírus que modifica boletos bancários

Boleto alterado, com destaque para as diferenças na linha digitável e no código de barras (Foto: Reprodução)Boleto alterado, com destaque para as diferenças na linha digitável e no código de barras (Foto: Reprodução)

“Os emissores de boleto online são os maiores interessados em dificultar este tipo de ação, pois além de perder o pagamento, acabam tendo sua marca arranhada graças a ação destes bandidos. Nem sempre o consumidor vai entender que foi vítima de um golpe, e que terceiros inseriram um vírus em seu computador. O consumidor irá sempre responsabilizar a empresa que ofereceu o serviço ou produto”, afirmam os especialistas.

Para os internautas:

Passo 1. Mantenha sempre o seu antivírus e o seu sistema operacional atualizados. Outros softwares como browsers, e plug-ins como Java e Flash também devem ser atualizados regularmente. Com isso, você cria uma barreira de proteção no seu PC. Tanto para este vírus como para outros tipos de malware.

Passo 2. Ao receber um boleto bancário para pagamento online, é importante também checar se o código do banco confere com o logotipo da instituição financeira. Em testes realizados em uma máquina infectada com o vírus, foram gerados boletos de diversos bancos, mas os códigos de pagamento eram sempre do mesmo banco. Portanto, o dinheiro usado no pagamento do boleto, na verdade, era transferido para outro local e não para o que, teoricamente, estava cobrando a fatura.

Passo 3. Boletos criados por computadores infectados com este malware apresentam também os códigos de barras com espaçamentos incomuns, que não podem ser lidos automaticamente. Assim, o usuário acaba tendo que digitar um código alterado e realiza o pagamento errado. Não deixe de verificar se os espaços entre números estão corretos.

Para empresas:

Se você trabalha ou é dono de uma empresa que gera boletos online, é bom ficar atento as dicas também. Segundo os especialistas, há companhias que podem ter sido contaminadas com este vírus. Para eles, essas empresas têm que tomar cuidado, porque “este vírus pode trazer consequências devastadoras”. Sendo assim, é recomendada a aplicação de todas as medidas de segurança possíveis.

Passo 1. A linha digitável pode (e deve) ser composta por imagens, e não texto. Isso dificulta bastante a ação de qualquer vírus, já que assim fica bem mais complicado do cibercriminoso identificar e trocar o código de barras nas imagens.

Passo 2. Outro método de segurança é somente inserir a linha digitável na página para impressão via javascript. Este recurso também tem o intuito de dificultar a identificação e alteração dos números do código.

Passo 3. O mais simples método de garantir a segurança do boleto, entretanto, é o de disponibilizar no próprio boleto gerado um código javascript que verifique, por si mesmo, se a linha digitável mostrada na tela confere com os dados desejados.

Curiosidades na internet

Packers: veja como hackers experientes podem esconder vírus em seu computador

Acesse:http://canaltech.com.br/o-que-e/antivirus/O-que-e-um-Packer/

Virus Mortal Teclado

Packer

Para a maioria dos usuários a primeira ação a ser feita após instalar o sistema operacional Windows é sair em busca de um programa anti-virus, de preferência um que traga firewall e outras ferramentas adicionais de segurança. Normalmente, pesquisamos e escolhemos o que nos oferece o melhor custo-benefício, seja ele pago ou gratuito, mas será que estamos realmente seguros?

Embora os anti-virus mais modernos sejam capazes de detectar milhões de tipos diferentes de malwares cadastrados nos bancos de dados das empresas de segurança, poucos são os que conseguem perceber a instalação de uma versão modificada, mesmo que seja utilizada uma amostra conhecida pela empresa. Essa técnica utiliza ferramentas conhecidas como packers, capazes de camuflar o código original do vírus e torná-las praticamente invisíveis para a grande maioria dos anti-virus.

Packer

As empresas de softwares de segurança utilizam engenharia reversa para detectar um malware, que é basicamente analisar o código fonte desses programas e ver os efeitos causados por eles, criando em seguida uma vacina tanto para detectar quanto para eliminar esse malware caso ele apareça em uma outra máquina futuramente. Outro recurso é conhecido como heurística, que identifica traços de comportamento de códigos maliciosos e os bloqueia mesmo que não tenha a assinatura dele em seu banco de dados.

Quando um packer é utilizado, modificando a forma que o malware se comporta e camuflando a sua presença para os antivírus, eles não deixam pistas, e assim o antivírus não pode bloqueá-lo, pois ele se comporta como se fosse um arquivo comum. Depois de instalado, passa a ser quase impossível detectá-lo.

Os packers comprimem o arquivo original para esconder seu conteúdo (como um malware) utilizando métodos que não vemos em nosso dia a dia (como ZIP e RAR), sendo frequentemente mais eficientes do que estes programas e fazendo uso de criptografia. Essa compressão é tão alta que faz com que os traços que identificam o malware como tal para os antivirus sejam praticamente indetectáveis.

Dessa forma, a engenharia reversa feita por empresas de anti-virus passa a ser extremamente difícil, quando não impossível devido ao custo computacional necessário para descomprimir o arquivo, ainda mais quando o malware utiliza qualquer forma de criptografia. Como exemplos de packers temos o Exe Stealth e XComp/XPack PE32.

Packer

É importante lembrar que nem todos os packers são utilizados para transferir malwares e infectar computadores. Algumas pessoas simplemente utilizam esses programas para transportar informações pela web utilizando menos banda, já que o arquivo final é muito menor. Porém, como raramente os anti-vírus detectam um malware bem camuflado por não ter pistas sobre como localizá-lo, o cuidado ao navegar na internet e baixar arquivos nunca é demais.

Curiosidades na internet

McAfee patenteia tecnologia que detecta e bloqueia todo conteúdo pirata na web

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/antivirus/McAfee-patenteou-uma-tecnologia-que-detecta-e-bloqueia-conteudo-pirata-na-web/

Google pirata

A empresa de segurança McAfee patenteou uma nova tecnologia que visa impedir o público de acessar filmes e músicas online que sejam pirateados. O sistema é capaz de detectar e bloquear o acesso a conteúdos ilegais de qualquer site. Quem trouxe a notícia à tona foi o site TorrentFreak.

A tecnologia de bloqueio de conteúdo pode ser integrada à barra de ferramentas do SiteAdvisor, da própria McAfee e, essencialmente, cria uma espécie de lista negra que compila os endereços de sites com conteúdo pirata espalhados pela web. Assim, ele oferece aos usuários sugestões alternativas para comprar legalmente o conteúdo que ele está procurando.

Patente McAfee anti piratariaImagem: Reprodução / TorrentFreak

Com essa atitude, a empresa sem dúvidas se tornará a “melhor amiga” dos detentores de direitos autorais do mundo, já que eles tentam há anos e a todo custo dificultar a vida de usuários que acessam conteúdo ilegal online. De acordo com a McAfee, há muitas razões para os consumidores e as empresas se preocuparem com o download de conteúdo ilegal, que vão desde os riscos legais até ameaças de malware e vírus.

“Um dos principais motivos de preocupação é a possível violação de um direito de propriedade intelectual e as potenciais ramificações de custos associados a essa violação. A segunda grande preocupação poderia se relacionar a potenciais ameaças causadas por algumas distribuições não autorizadas. Por exemplo, não é incomum que uma distribuição não autorizada de material na Internet inclua conteúdo nocivo”, explicou a empresa de segurança ao TorrentFreak.

Apesar da patente divulgada pelo site, ainda não se sabe se existem planos concretos e datados para a implantação do novo sistema, mas a opção mais provável é que ele seja adicionado aos produtos de segurança já existentes no portfólio da McAfee.

Curiosidades na internet

%d blogueiros gostam disto: